Você Sabe Usar sua Imaginação


A Imaginação Operando Maravilhas

A Imaginação é um poder fantástico à disposição de todos os seres humanos, contudo pouquíssimos sabem usá-la adequadamente.  Podemos distinguir duas classes de imaginação:  a CONSCIENTE  e a  MECÂNICA.  Vejamos a primeira.

IMAGINAÇÃO CONSCIENTE

A IMAGINAÇÃO CONSCIENTE é uma função superlativa da CONSCIÊNCIA. Para o autêntico sábio, IMAGINAR É VER. A imaginação é uma forma de percepção da alma. Para ser alcançada é necessário aprender a CONCENTRAR-SE EM UMA SÓ COISA. Aquele que aprende a centrar o pensamento em um único objetivo poderá alcançar verdadeiros prodígios. Qualquer pessoa que queira obter o CONHECIMENTO IMAGINATIVO deverá aprender a se concentrar e meditar corretamente. A mente deve ser exata, o pensamento lógico e o conceito preciso, a fim de que os sentidos internos se desenvolvam perfeitamente. Durante a meditação, poderão surgir cenas, paisagens, rostos, números, símbolos, etc. Este é um sinal de progresso nos campos imaginativo consciente e de meditação.

Dr. Samael Aun Weor proferiu centenas de conferências, as quais foram gravadas em fitas-cassete. A seguir vamos transcrever alguns trechos de uma delas cujo título é “Imaginação e Fantasia”.  Ela foi incluída numa publicação denominada “Exortações de um Avatara” (Editora Gnose, Porto Alegre):

    “ – Mestre, quais seriam os melhores exercícios para desenvolver a glândula pineal?

   “Como quer que a imaginação consciente é imaginação dirigida, indubitavelmente temos de aprender a dirigir a imaginação. Por exemplo, se relaxamos o corpo e pomos nossa atenção no processo do nascer e do morrer das coisas, a imaginação consciente se desenvolverá.  Imaginemos a semente de uma roseira, como germina, como depois vai crescendo o talo…  Em seguida, ao inverso, o processo involutivo:  como vão caindo as pétalas da rosa, como vão caindo as folhas da roseira e como ela no fim fica reduzida a um monte de lenha.  Este é um exercício maravilhoso!  Com ele se consegue o desenvolvimento da imaginação de forma positiva.”

IMAGINAÇÃO MECÂNICA

A IMAGINAÇÃO MECÂNICA é função da inconsciência, da mecanicidade da vida, do automatismo, no qual a humanidade está submersa. Quase todos os ATOS, PENSAMENTOS e SENTIMENTOS das pessoas são mecânicos. A FANTASIA e a mecanicidade são as principais causas do mal funcionamento dos centros. Cada centro possui suas formas próprias de fantasias e devaneios. A fantasia, o devaneio, o sonhar acordado é totalmente oposto ao funcionamento correto dos centros. Os centros motor e emocional quase sempre manipulam o centro intelectual para as manifestações das fantasias morbosas. O “sonhar acordado” não presta para nada, tão somente para manter o indivíduo numa letargia psíquica abominável. A raiz dos devaneios encontra-se nos centros EMOCIONAL e MOTOR. No centro motor manifesta-se na forma de ações, atitudes, movimentos, repetições de gestos, hábitos rotineiros, etc. No centro emocional caracteriza-se por agrados e desagrados, alegrias e tristezas, triunfos e derrotas, o que gosta e o que não gosta, o prazer e a dor, etc.

A preguiça e o comodismo do centro intelectual, para produzir as mudanças necessárias, facilitam o automatismo do movimento e das emoções. A esta altura, convém lembrar uma profunda frase de Albert Einstein, físico, matemático e filósofo, ao afirmar: ” O HOMEM, COMO QUALQUER OUTRO ANIMAL, É POR NATUREZA INDOLENTE. SE NADA O ESTIMULA, MAL SE DEDICA A PENSAR E SE COMPORTA GUIADO APENAS PELO HÁBITO, COMO UM AUTÔMATO”. Se o centro intelectual não impuser mudanças aos outros centros, nada mudará no indivíduo.

Continue reading


Você Sabe o Que é Taoismo?


Taoismo: O Que É

O Taoísmo, como Religião, se desenvolveu no século I da Era Cristã sob o comando do sábio Chang Tao-Lin. Ele edificou vários mosteiros e templos. Fixou sua sede na cidade chinesa de Kiangsi. Em 1927, o governo chinês, influenciado pelo Comunismo, a aboliu. Do século V até o VIII o Taoismo foi aceito como Religião oficial da China, chegando a posições semelhantes ao Budismo e ao Confucionismo.

LAO-TSÉ

Considered the founder of Taoism, Lao Tzu was a philosopher who lived in ancient China during the 6th century. Here are some inspirational quotes...: Segundo a tradição, LAO-TSÉ‚ é pseudônimo de Li Ehr. Viveu no século VI a.C. Foi arquivista da corte Cbu.

Analisando o nome Lao-Tsé‚ encontramos que “Lao”, em chinês, significa criança, jovem, adolescente. O sufixo “Tsé”, frequente em nomes chineses, traduz-se como idoso, sábio, maduro. Deste modo, Lao-Tsé‚ pode ser transliterado por “sábio jovem” ou “adolescente maduro”. Naturalmente, o termo possui conotações filosóficas ou espirituais.

Lao-Tsé passou cerca de quarenta anos na corte imperial da velha China. Além de arquivista, era bibliotecário e historiador. Foi contemporâneo de outro sábio chinês muito famoso: Kong Fu-Tse ou Confúcio. Por volta dos quarenta anos de idade, abandonou a corte imperial e retirou-se como eremita para a floresta. Viveu esta metade de sua vida isolado do mundo, meditando, estudando, desenvolvendo altíssimos níveis de percepção cósmica. O resultado de suas reflexões foi sua magnífica obra Tao-Te-King.

Aos 80 anos de idade resolveu abandonar a China. Um pouco antes de sua viagem escreveu o Tao-Te-King a pedido de seu amigo Yin Hsi. Após cruzar a fronteira desapareceu para sempre sem deixar vestígio. Para onde foi? Retirou-se para a quarta coordenada ou quarta dimensão. Uniu-se a um seleto grupo de autênticos mestres espirituais.

Continue reading


Um Pouco Mais de Cabala


 

Cabala homem comum

 

Explicação Cabalística do Gráfico

O Abade Alfonso Luigi Constant (1810-1875) adotou o pseudônimo de Eliphas Levi. Escreveu várias obras de cunho esotérico, inclusive sobre a Cabala Hebraica. Foi um esoterista, mago e filósofo sério. A seguir, transcreveremos suas palavras ao descrever a Árvore da Vida:

“Deus é, pois, a Potência ou Coroa Suprema (KETHER), que repousa sobre a Sabedoria imutável (CHOKMAH) e a Inteligência criadora (BINAH). Nele está a Bondade (CHESED) e a Justiça (GEBURAH), que são o ideal de Beleza (TIPHERETH).

“Nele há o movimento sempre vitorioso (NETSACH) e o Grande Repouso Eterno (HOD). A sua vontade é a Geração contínua (JESOD), e o seu Reino (MALCHUTH) é a imensidade que povoa os universos”.

Continue reading


Você Sabe o Que É Cabala


 

Cabala Árvore da VidaA Kaballah

O termo hebraico “KABBALAH” significa receber por tradição, ser herdeiro. Kabbalah é o conhecimento do Homem, do Universo e de Deus, segundo as tradições hebraicas. Estuda também as interrelações de todas as partes da Criação. Suas origens perdem-se na poeira dos milênios mas, de acordo com os antigos, é atribuída a Abrahão.

Segundo consta, existem quatro formas de compreender a Kabala:

1) SENTIDO LITERAL – neste nível, a pessoa somente capta o que significa a palavra pela sua característica vernacular. Exemplo: “Adão” traduz-se como “Homem” e nada mais que isso.

2) SENTIDO ALEGÓRICO – esta forma caracteriza-se pela compreensão do símbolo que a palavra ou a junção das letras representam. Exemplo: “Adão” como símbolo de toda a humanidade.

3) SENTIDO METAFÍSICO – a percepção metafísica depende exclusivamente do nível de maturidade interna da pessoa. Não pode ser explicada pela lógica formal. Grosseiramente, poderíamos exemplificar como: “Adão é Deus”.

4) SENTIDO MÍSTICO – refere-se à captação transcendental, além de toda e qualquer explicação literal, alegórica ou metafísica. É a captação direta da VERDADE, assim como Jesus ensinou: “CONHECEI A VERDADE E ELA VOS FARÁ LIVRES”. Somente quando ocorre o suficiente amadurecimento espiritual advém a compreensão mística, oculta, velada, indizível da Kabala.

Arvore da Vida

A “Arvore da Vida” é a porta de entrada ao estudo da Kabala. A Árvore da Vida é o ADÃO KADMON. Adão Kadmon sou eu, você e toda a humanidade. Adão Kadmon não é uma pessoa conhecida ou desconhecida. Adão são todos, a humanidade inteira. Ele contém, em si mesmo, o princípio da GRANDE REALIDADE manifestada. Sua cabeça toca o ABSOLUTO e seus pés estão cravados nas manifestações relativistas da EXISTÊNCIA.

Continue reading


Ver as Coisas Como São


Sêneca e a Forma Correta de Viver a Vida

Sêneca

Lúcio Aneu Séneca (português europeu) ou Sêneca (português brasileiro) (em latim: Lucius Annaeus Seneca; Corduba4 a.C. —Roma65) foi um dos mais célebres advogados, escritores e intelectuais do Império Romano. Conhecido também como Séneca (ou Sêneca), o Moço, o Filósofo, ou ainda, o Jovem, sua obra literária e filosófica, tida como modelo do pensadorestoico durante o Renascimento, inspirou o desenvolvimento da tragédia na dramaturgia europeia renascentista.

Séneca ocupava-se da forma correcta de viver a vida (ou seja, da ética), da física e da lógica. Via o sereno estoicismo como a maior virtude, o que lhe permitiu praticar a imperturbabilidade da alma, denominada ataraxia (termo utilizado a primeira vez porDemócrito em 400 a.C. Juntamente com Marco Aurélio e Cícero, conta-se entre os mais importantes representantes da intelectualidade romana.

Continue reading