Você Sabe Usar sua Imaginação


A Imaginação Operando Maravilhas

A Imaginação é um poder fantástico à disposição de todos os seres humanos, contudo pouquíssimos sabem usá-la adequadamente.  Podemos distinguir duas classes de imaginação:  a CONSCIENTE  e a  MECÂNICA.  Vejamos a primeira.

IMAGINAÇÃO CONSCIENTE

A IMAGINAÇÃO CONSCIENTE é uma função superlativa da CONSCIÊNCIA. Para o autêntico sábio, IMAGINAR É VER. A imaginação é uma forma de percepção da alma. Para ser alcançada é necessário aprender a CONCENTRAR-SE EM UMA SÓ COISA. Aquele que aprende a centrar o pensamento em um único objetivo poderá alcançar verdadeiros prodígios. Qualquer pessoa que queira obter o CONHECIMENTO IMAGINATIVO deverá aprender a se concentrar e meditar corretamente. A mente deve ser exata, o pensamento lógico e o conceito preciso, a fim de que os sentidos internos se desenvolvam perfeitamente. Durante a meditação, poderão surgir cenas, paisagens, rostos, números, símbolos, etc. Este é um sinal de progresso nos campos imaginativo consciente e de meditação.

Dr. Samael Aun Weor proferiu centenas de conferências, as quais foram gravadas em fitas-cassete. A seguir vamos transcrever alguns trechos de uma delas cujo título é “Imaginação e Fantasia”.  Ela foi incluída numa publicação denominada “Exortações de um Avatara” (Editora Gnose, Porto Alegre):

    “ – Mestre, quais seriam os melhores exercícios para desenvolver a glândula pineal?

   “Como quer que a imaginação consciente é imaginação dirigida, indubitavelmente temos de aprender a dirigir a imaginação. Por exemplo, se relaxamos o corpo e pomos nossa atenção no processo do nascer e do morrer das coisas, a imaginação consciente se desenvolverá.  Imaginemos a semente de uma roseira, como germina, como depois vai crescendo o talo…  Em seguida, ao inverso, o processo involutivo:  como vão caindo as pétalas da rosa, como vão caindo as folhas da roseira e como ela no fim fica reduzida a um monte de lenha.  Este é um exercício maravilhoso!  Com ele se consegue o desenvolvimento da imaginação de forma positiva.”

IMAGINAÇÃO MECÂNICA

A IMAGINAÇÃO MECÂNICA é função da inconsciência, da mecanicidade da vida, do automatismo, no qual a humanidade está submersa. Quase todos os ATOS, PENSAMENTOS e SENTIMENTOS das pessoas são mecânicos. A FANTASIA e a mecanicidade são as principais causas do mal funcionamento dos centros. Cada centro possui suas formas próprias de fantasias e devaneios. A fantasia, o devaneio, o sonhar acordado é totalmente oposto ao funcionamento correto dos centros. Os centros motor e emocional quase sempre manipulam o centro intelectual para as manifestações das fantasias morbosas. O “sonhar acordado” não presta para nada, tão somente para manter o indivíduo numa letargia psíquica abominável. A raiz dos devaneios encontra-se nos centros EMOCIONAL e MOTOR. No centro motor manifesta-se na forma de ações, atitudes, movimentos, repetições de gestos, hábitos rotineiros, etc. No centro emocional caracteriza-se por agrados e desagrados, alegrias e tristezas, triunfos e derrotas, o que gosta e o que não gosta, o prazer e a dor, etc.

A preguiça e o comodismo do centro intelectual, para produzir as mudanças necessárias, facilitam o automatismo do movimento e das emoções. A esta altura, convém lembrar uma profunda frase de Albert Einstein, físico, matemático e filósofo, ao afirmar: ” O HOMEM, COMO QUALQUER OUTRO ANIMAL, É POR NATUREZA INDOLENTE. SE NADA O ESTIMULA, MAL SE DEDICA A PENSAR E SE COMPORTA GUIADO APENAS PELO HÁBITO, COMO UM AUTÔMATO”. Se o centro intelectual não impuser mudanças aos outros centros, nada mudará no indivíduo.

Continue reading