Banho Terapêutico


O Que É Aromabanhoterapia

O banho não é apenas privilégio do ser humana, mais também uma ação muito comum em diversos animais. Os elefantes, por exemplo, se banham com água, e até mesmo com lama com o objetivo de proteger a pele de ataques de insetos.

O banho é uma atividade comum a praticamente todos povos no decorrer da história. Existem três motivos básicos para o banho: motivos religiosos, peloMais de um banho por dia pode fazer mal à saúde, aponta estudo prazer e com finalidades terapêuticas. Os seres humanos se banham em água proveniente de diferentes manifestações da natureza como no mar, nos rios, nos lagos, nas fontes e em grande variedade de construções especiais feitas pelo homem.

A Aromabanhoterapia é um sistema de tratamento que envolve a aplicação de água juntamente com ervas ou essências aromáticas. Serve para tratar de diversos distúrbios orgânicos como artrite e o reumatismo, os problemas de pele, as doenças do peito, as desordens abdominais e ginecológicas além de vários distúrbios emocionais que podem manifestar melhoras com a utilização de um simples banho. Mais adiante vamos explicar como utilizar os banhos aromáticos para tratar diversas enfermidades.

BANHO: TEMPERATURAS DIFERENTES  –  EFEITOS DIFERENTES

Pelo já explicado acerca da pele já sabemos que temperaturas diferentes têm efeitos diferentes sobre o corpo. Como já nos alertou o sábio Hipócrates há mais de 2000 anos que em  determinadas circunstâncias, uma aplicação fria pode ajudar e em outras pode prejudicar. Por essa razão necessitamos compreender as variações das  temperaturas e seu respectivo efeito no corpo. Basicamente há apenas três: temperatura fria, morna e quente.

Continue reading


Relaxar É Preciso


Crise Existencial

Vivemos em uma época de crises. Crises pessoais, conjugais, políticas, econômicas, sociais, ecológicas, administrativas, enfim, estamos nos defrontando com o SER OU NÃO SER da Filosofia, e a moderna necessidade de novos valores.

Nos dias de hoje o cidadão urbano sente-se pressionado por uma sistema social altamente exigente.

Vivemos em uma época de crises. Crises pessoais, conjugais, políticas, econômicas, sociais, ecológicas, administrativas, enfim, estamos nos defrontando com o SER OU NÃO SER Como meditar para iniciantes. Confira as nossas dicas! #meditação: da Filosofia, e a moderna necessidade de novos valores. As idéias, tradições e ciências não estão suportando a inquietude espiritual das massas. Urge uma nova maneira de viver e conviver. Muitos buscam as respostas no mundo exterior e cada vez mais se decepcionam. O mundo externo não pode satisfazer as necessidades mais intimas do nosso espírito. Necessitamos descobrir novas fontes, de forma a termos inspiração e motivação pela existência. A automatização da vida cotidiana transformou os corações humanos em máquinas destituídas de sentimento. O excesso de racionalismo produziu situações anacrônicas em distintos campos. Já não há lugar para a nobreza de sentimentos. Tudo se veste e reveste de valores transitórios e insubstanciosos, os quais geram o vácuo espiritual.

Quem ou o que poderá ajudar o ser humano? A resposta é, simultaneamente simples e complexa. Diremos paradoxalmente: O SER HUMANO TERÁ DE AJUDAR-SE A SÍ MESMO COM O INSTRUMENTO FUNDAMENTAL DO AUTOCONHECIMENTO. Quando as pessoas compreenderem que são elas que fazem mal a sí mesmas, quando a natureza humana descobrir que não há separatividade entre os seres, as coisas começarão a marchar pelo caminho da redenção e felicidade intimas. Não há diferença entre EU e VOCÊ. Não há diferença entre VOCÊ e toda a CRIAÇÃO. Ambos são, o mesmo, coexistem infinita e indefinidamente. Como?… A mente não poderá compreender pois não está ao seu alcance. Somente a alma, ou a consciência pode desfrutar da inspiração átmica da onipresença. Lá e cá estão no mesmo lugar. Eu e você somos um. O Nada e o Todo são a Plenitude. O céu é aqui e o inferno é o aqui; tudo depende do ESTADO INTERIOR.

O relaxamento é um dos instrumentos que podem ajudar os indivíduos e os grupos sociais a reduzir ou se libertarem de excessiva tensão física, moral, afetiva, intelectual, psíquica ou social.

No campo da psicanálise conhece-se muito bem as razões técnicas pelas quais o analista coloca o paciente numa posição de repouso altamente relaxante. Até mesmo o próprio analista sente a necessidade de se instalar confortavelmente com o objetivo de atender convenientemente ao seu cliente. O mesmo se aplica ao terapeuta de vidas passadas.

Sigmund Freud foi um dos primeiros (início do século XX) a prever a necessidade de certa libertação ou distencionamento da pessoa. Foi ele quem clinicamente teve a idéia de estender o paciente sobre o divã com o objetivo de permitir ao cliente expressar aquilo que ficara recalcado durante anos devido ao condicionamento sócio-familiar.

Continue reading


Ginkgo biloba: Santo Remédio Natural


Conheça o Poder Curativo do Gingo Biloba

A aplicação terapêutica da planta é bem ampla. Atua fundamentalmente na circulação sangüínea arterial, capilar e venoso. É um vasodilatador cerebral e periférico. Também é tônico, antiespasmódico venoso (ativador da circulação de retorno), antiinflamatória, anti-hemorrágica (devido ao rutósido,  rhamnoglucósido, catecol), vitamínico (devido aos flavonóides e catecol).

 

OGinkgo biloba Ginkgo Biloba é uma árvore nativa de certas províncias do sudeste da China.  O vegetal pode atingir até 30 m de altura.  Pode ser também encontrada em parques e avenidas da África do Sul, Europa e algumas regiões dos EUA. Os imigrantes portugueses a trouxeram para o Brasil onde houve boa aclimatação.

Dr. Engelbert Kaempfer, médico alemão, foi a primeira pessoa a mencioná-la. Tal fato ocorreu por volta de 1690  quando esteve em visita ao Japão. Em 1727 foi introduzido na Europa.

Nome botânico: Ginkgo biloba

Partes utilizáveis: as folhas

Aplicação terapêutica: a aplicação terapêutica da planta é bem ampla. Atua fundamentalmente na circulação sangüínea arterial, capilar e venoso. É um vasodilatador cerebral e periférico. Também é tônico, antiespasmódico venoso (ativador da circulação de retorno), antiinflamatória, anti-hemorrágica (devido ao rutósido,  rhamnoglucósido, catecol), vitamínico (devido aos flavonóides e catecol).  Hidratante da pele seca ou desidratada. O uso do Ginkgo  é  recomendável  para os seguintes distúrbios:  vertigem, transtornos na memória, fragilidade capilar, claudicação intermitente, enfermidade de Raynaud, varizes, úlceras varicosas, diabetes (como protetor das alterações nos vasos sangüíneos). Reduz e melhora a viscosidade do sangue. Nos braços e pernas age nos casos de dor, palidez, arroxeamento (cianose)  das extremidades, com sensação de frio.  Redutor dos radicais livres.  Em tratamento estético é aplicado como:  antiinflamatório e protetor da pele contra os raios UV e Gama;  prevenção do envelhecimento celular por inibição da destruição do colágeno.

Continue reading


Corpo Sadio, Mente Sadia. Corpo Doente, Mente Doente


Emoções e Corpo: Um Todo Inseparável

Quem estuda a si mesmo se torna uma pessoa mais feliz, confiante e independente. : Certo médico possuíra fracas artérias coronárias. Ele fez o seguinte comentário:“A pessoa que tiver a capacidade de me zangar está com minha vida em suas mãos”. Esse pobre homem encontrou esse indivíduo. Acabou morrendo um dia em uma violenta crise de ira. Caso esse médico não possuísse debilidades no coração poderia facilmente suportar o regime de trabalho cardíaco durante a explosão de raiva. Fica claro a relação corpo e emoções.

No artigo “The Urinary Output of Adrenalin and Noradrenalin during Pleasant and Unpleasant Emotional States” publicado em “Psychosomatic Medicine”(27:80, 1965) o Dr. Lennart Levi, do Caroline Institute de Estocolmo procedeu a seguinte experiência.

Reuniram-se vinte voluntários e recolheram amostras de suas urinas em recipientes e logo a seguir foram levados para assistir um filme. Após o filme novamente foram recolhidas novas amostras de urina dos mesmos indivíduos.

O primeiro filme assistido foi um documentário acerca de uma viagem. A película provocou-lhes pequenas reações de caráter emocional. Os exames de urina demonstraram que durante a projeção do filme as glândulas haviam reduzido a produção dos hormônios adrenalina e noradrenalina.

Dias depois os voluntários assistiram um filme de guerra, uma comédia e outro de terror. Tais películas desencadearam diversas e fortes reações como: tristeza, alegria, medo, etc. Os exames de urina posteriores revelaram acentuados aumentos na produção de hormônios dos voluntários.

O simples estado emocional, gerado apenas pelas cenas dos filmes, demonstrou ser suficiente para promover profundas alterações nas reações químicas do corpo.

INEGÁVEL COMPROVAÇÃO

Há muitas enfermidades decorrentes de alterações anatômicas. Entre essas estão as disfunções das coronárias. Sem dúvida o curso das mesmas podem ser afetadas por fatores emocionais e psíquicos. Verificou-se que, as alterações comuns relativas às artérias geradas de ataque cardíaco podiam ser encontradas em mais de 70% dos jovens mortos na guerra da Coréia. A faixa etária média dos afetados era de 22 anos. É interessante notar que estas alterações apresentam-se, quase generalizadas, entre os homens americanos de meia idade. A freqüência entre os americanos é tão elevada a ponto de incluir quase todos os tipos de personalidades. Esses mesmos indivíduos também apresentam todas as variedades conhecidas de antecedentes emocionais, tensões psicológicas e temperamentos. Quando a enfermidade progride até o ponto de ocasionar dores no peito recorrentes, tais dores podem ser precipitadas tanto por esforços físicos como também por fatores emocionais. É inegável o fato de que as emoções podem acelerar o regime de trabalho do coração.

Continue reading


Você Conhece Alguém com Depressão?


Depressão Nossa de Cada Dia

Já vimos que a depressão pode somatizar-se em forma de dores nas costas. Impotência, insônia, torpores, perturbações gastrointestinais, palpitações cardíacas, entre outros males são também equivalentes depressivos.

Pensamentos:): Estima-se que cerca de um em cada cinco hipocondríacos são, na verdade, vítimas de depressões subjacentes. Somente cerca de 25% dos deprimidos procura os médicos motivados por desconforto orgânicos.

Dr. Michael J. Halberstam, da Escola Médica da Universidade George Washington, EUA, relata o caso de sete pacientes deprimidos. Cada um deles o procurou por causa de uma gripe ou resfriado que não queria desaparecer apesar das providências tomadas. Os sintomas não apresentavam qualquer relação com doença viral ou do sistema respiratório. Eles sentiam-se cansados. Tinham dificuldade em manter-se concentrados e sentiam dificuldade em levantar-se da cama ao despertar pela manhã.

Dr. Halberstam também relata dois casos de pacientes que o procuraram por causa de “infecções oculares”. No entanto, ao consultar o oftalmologista nada de anormal foi encontrado. Um deles reclamava que seus olhos pareciam pesados. O segundo queixava-se de ter dificuldade em ler. O verdadeiro problema não era visual e sim dificuldade de concentração naquilo que estava lendo.

A pessoa deprimida, com freqüência sente pressão, dor difusa e ardência no peito. Quando lhe perguntam onde dói, a resposta é imediata apontando para o peito. Esse gesto é característico da pessoa depressiva.

É comum entre os deprimidos o surgimento da fadiga. A vítima sente-se incapaz de realizar suas tarefas normais do dia. Para eles tal trabalho é um fardo pesadíssimo. Essa exaustão pode ser originada em alguém que sofreu forte tensão por tempo prolongado. Ao que parece, a incapacidade do organismo reagir aos estímulos resulta de uma reação do corpo para reequilibrar-se após grande esforço.

FADIGA DE ORIGEM EMOCIONAL

Nos casos de fadiga muito prolongada no qual o indivíduo se sente excessivamente cansado até mesmo pelo menor esforço. Tais indicações significam que essas pessoas possuem, em sua maioria, conflitos emocionais significativos. Em pesquisa realizada com trezentos pacientes acometidos de fadiga crônica, comprovou-se que somente 20% estavam com problemas orgânicos como anemia, falta de vitaminas ou complicações hepáticas. Dr. Nathaniel Shafer, da Escola Médica de Nova Iorque opina que: “Mesmo nesses casos  não é certo afirmar que o mal orgânico tenha sido o motivo de fadiga. Uma vez que muitos pacientes vítimas desse mal, não apresentaram fadiga em seus sintomas”.

Continue reading


Musicalmente Saudável


 Emoção, Música e Saúde

Constatou-se que na Clínica Ochsner, Nova Orléans, EUA. Cerca de 74% de 500 doentes gastro-intestinais estavam, na verdade, sofrendo de doenças causadas por emoções.

La FIBROMIALGIA y los beneficios de la MUSICOTERAPIA. http://fibromialgiadolorinvisible.blogspot.com.ar/2015/08/la-fibromialgia-y-los-beneficios-de-la.html:

O Departamento Médico de Doentes Não Internados em Yale, EUA, relatou que a tensão emocional era responsável pelas doenças de 76% de todos os pacientes que procuravam esta clínica.

O filósofo e psicólogo Willian James diz que “as emoções são estados de espírito que se manifestam por alterações sensíveis no organismo”. Essas alterações são inequivocadamente acompanhadas de determinados estados psicológicos.

Será que já paramos para avaliar os danos que causam as emoções descontroladas? Vamos analisar o que sucede num momento que ficamos irritados. Os músculos do orifício de saída do  estômago se contraem tanto que nada sai do estômago e todo o tubo digestivo fica espástico, tenso. Muitas pessoas têm dores intensas no abdômen durante um ataque de raiva ou ira. Ao mesmo tempo o número de glóbulos vermelhos aumentam em demasia e o sangue se coagula com mais rapidez do que o normal. As pulsações do coração chegam até 180, 220 ou mais, permanecendo assim até que a crise passe. A pressão arterial se eleva de uns 13 até 23 ou mais. Não é raro uma pessoa sofrer um distúrbio cerebral durante um acesso de ira, por causa da pressão tão elevada, chegando a romper um vaso sangüíneo no cérebro. As coronárias do coração se contraem o bastante para produzir a angina pectoris ou uma obstrução coronária fatal.

John Hunter, fisiologista inglês famoso, tinha um temperamento insuportável e também para seu infortúnio, um mal par de coronárias. Dizia que o primeiro velhaco que o fizesse ficar demasiadamente zangado mata-lo-ía. Em um congresso Médico, o velhaco apareceu e o fez ficar com tanta ira que ele caiu morto, em conseqüência de um ataque cardíaco.

Continue reading


Câncer e Emoções


Emoções Negativas Podem Colaborar com Aparecimento do Câncer

Há condições emocionais que favorecem o aparecimento de câncer? Os estudos apontam para uma resposta afirmativa, embora haja muita resistência no meio acadêmico.

O QUE É CÂNCER

"Mulher Chorando" (1937) de Pablo Picasso. Que profunda tristeza sinto ao contemplá-lo!: Câncer é um termo genérico atribuído a multiplicação desordenada das células em órgãos ou tecidos do corpo. As células cancerosas crescendo anormalmente formam tumores. Os tumores malignos desenvolvem-se mais freqüentemente em órgãos importantes como, pulmões, mamas, intestinos, pele, estômago ou pâncreas, mas também podem surgir nos meios nasais, testículos ou ovários, lábios e línguas. As células cancerosas levadas pela corrente sangüínea a um outro órgão mais distante e ali se instalando, e passando a reproduzir-se, podem formar um novo tumor. Esse fenômeno é chamado de metástase. É exatamente nessa disseminação do tumor que reside a gravidade da doença. A partir de uma única célula todo o organismo pode vir a ser gravemente afetado. Existem várias causas para o câncer. Dentre elas estão: o fumo, as radiações ionizantes, alimentação inadequada, etc.

HAVERÁ FATORES EMOCIONAIS NO SURGIMENTO DO CÂNCER?

A Dra. Helen Flanders Dunbar do Royal College of Surgeons crê ser a resposta afirmativa. Ela apresentou um trabalho mostrando a relação entre estados emocionais e o câncer. Um colega seu leu o trabalho. Mostrou-se cético quanto a possível justificativa psicossomática no desenvolvimento do câncer. Tempos depois, após suas próprias observações, convenceu-se que certos traços da personalidade desempenham papel importante na relação dessa doença.

Dra. Dunbar narra o caso, por exemplo, de uma mulher que vivia sonhando que mordia o seio de sua mãe, provocando o surgimento de nódulos. Um tempo depois, o sonho mudou. Começou a sonhar que havia nódulos em seu próprio seio. Desse modo, procurou o médico para verificar o que havia. Ao ser examinada, nada foi encontrado. Chegou-se a conclusão que a mulher sofria de cancerofobia (medo patológico de câncer). Entretanto, não tardou que, de fato, surgisse realmente um tumor cancerígeno no seio.

Não vamos pensar que todos os casos de câncer tenham origem na psique. Aliás, cabe ressaltar que os estudos até agora não são conclusivos, contudo, há estatísticas apontando para a predisposição de certas pessoas ao câncer.

Continue reading


Emoções Causam Doenças e até Câncer


Corpo, Emoções, Mente e Espírito Faz Parte de um Todo Chamado Ser Humano

Mais eficiente que a memória do computador, seu corpo registra tudo que aconteceu com você desde a infância até agora. #universonatural #mergulhointerior #limpezaenergetica: A presente lição é apenas um breve resumo do material exposto em nosso Curso de Formação em Terapia Floral e no Curso de Anatomia para Terapeuta. Caso você mais interesse no tema recomendamos se inscrever nos mencionados cursos onde há abundantes informações acerca de como as emoções e pensamentos podem gerar distúrbios orgânicos. O autor do curso acredita que qualquer terapeuta de qualquer área tradicional ou alternativa deve conhecer as relações entre doenças e o psiquismo. A Psicossomatologia ou Psicossomática visa objetivamente traçar um paralelo entre as doenças do corpo e suas correlações emocionais, mentais e espirituais.

Corpo, emoções, mente e espírito faz parte de um todo chamado ser humano. Para analisar uma enfermidade física sempre se deverá levar em consideração o estado interior do indivíduo. Dr. Bach em seu livro “Os Remédios Florais de Bach” Capítulo VIII,  afirma que:

“A escola médica do futuro não se interessará em particular pelos resultados finais e produtos da doença, não dará muita importância às lesões físicas em si, tampouco administrará drogas e produtos químicos apenas no intuito de atenuar nossos sintomas, mas, compreendendo;…”

Não podemos separar as doenças físicas das psíquicas uma vez que uma atua sobre a outra.

Dr. Lawrence E. Lamb, destacado cardiologista americano, no prefácio do livro “Fenômenos Psicossomáticos” (José Olympio Editora, Rio de Janeiro, 1974) de autoria de Howard R. e Martha E. Lewis diz que:

 “É um erro admitirmos que, sendo uma disfunção física causada por um determinado mecanismo, ela não possa ser igualmente desencadeada por outro”.

Continue reading


Sois Fanaticus


O Perigo do Fanatismo

Do latim “fanaticus”, que vem de “fanun”= templo ou lugar sagrado. O “fanático” era o possuído pelo deus. Veja a que ponto a degeneração humana atingiu. No passado, chamar alguém de fanático era um elogio.

Hoje, o fanatismo é uphoto manipulation: m pavoroso defeito que inferniza a vida de todos e em todas as partes. Já que o fanático não tem país, raça, cor, religião, etc., pode aparecer em qualquer lugar.

O fanatismo é a adesão passional a uma pessoa ou idéia, de maneira tão forte e marcante que inibe, em muitos casos, as funções normais de escolha. Cria uma obsessão por algo ou alguém.

CARACTERÍSTICAS FUNDAMENTAIS DO FANÁTICO

O fanatismo desperta na pessoa uma disposição à auto-imolação ou auto-sacrifício, que o leva a dedicar-se ao objeto de seu fanatismo até sua própria destruição. Enquanto o herói é capaz do mesmo sacrifício com lucidez e grandeza, sabendo evitar os sacrifícios inúteis e puramente teatrais, o fanático se revolta contra a própria evidência, pela causa em que está empenhado e aceita, apaixonadamente, o sacrifício total, mesmo que a causa seja perdida.

O fanatismo apresenta afinidades marcantes com o fenômeno da histeria e do masoquismo. Quando o fanatismo atinge uma dimensão social, ou seja, torna-se um fenômeno coletivo, conforme vamos ver mais adiante, pode levar um grupo, e mesmo um país inteiro, a impensáveis loucuras.

No Brasil temos exemplos como a Guerra dos Canudos, no Nordeste e a dos Muckers, no Sul.

Ao nível mundial, encontramos as atrocidades geradas pelo Nazismo de Adolf Hitler, durante a 2a. Guerra Mundial.

O fanatismo encontra um campo de cultura mais propício nos baixos níveis de desenvolvimento, onde é mais freqüente a pequena capacidade de crítica e análise.

Com relação à própria proposta, o fanático fica coibido de senso crítico e análise. Quem é fanático por alguma coisa ou mesmo por determinada pessoa, só vê nela qualidades e a superestima, numa exaltação entusiástica doentia. Quem é fanaticamente contra, só vê defeitos, combatendo-os com ódio implacável. Conclusão: o fanático é fabricador de deuses ou vítimas.

Continue reading


Deficiência de vitamina B12


Deficiência de vitamina B12: uma epidemia silenciosa, com graves consequências

Por Dr. Renato Riccio

O que todas estas doenças têm em comum?

  • A doença de Alzheimer, demência, declínio cognitivo e perda de memória (coletivamente referidos como “envelhecimento”)
  • A esclerose múltipla (EM) e outras desordens neurológicas
  • Doença mental (depressão, ansiedade, transtorno bipolar, psicose)
  • Doença cardiovascular
  • Transtornos do aprendizado ou do desenvolvimento em crianças
  • Desordem do espectro autista
  • Doença auto-imune e desregulação imune
  • Câncer
  • Infertilidade masculina e feminina

Resposta: elas podem imitar todos os sinais e sintomas de uma deficiência de vitamina B12.

Continue reading