Relaxar É Preciso


Crise Existencial

Vivemos em uma época de crises. Crises pessoais, conjugais, políticas, econômicas, sociais, ecológicas, administrativas, enfim, estamos nos defrontando com o SER OU NÃO SER da Filosofia, e a moderna necessidade de novos valores.

Nos dias de hoje o cidadão urbano sente-se pressionado por uma sistema social altamente exigente.

Vivemos em uma época de crises. Crises pessoais, conjugais, políticas, econômicas, sociais, ecológicas, administrativas, enfim, estamos nos defrontando com o SER OU NÃO SER Como meditar para iniciantes. Confira as nossas dicas! #meditação: da Filosofia, e a moderna necessidade de novos valores. As idéias, tradições e ciências não estão suportando a inquietude espiritual das massas. Urge uma nova maneira de viver e conviver. Muitos buscam as respostas no mundo exterior e cada vez mais se decepcionam. O mundo externo não pode satisfazer as necessidades mais intimas do nosso espírito. Necessitamos descobrir novas fontes, de forma a termos inspiração e motivação pela existência. A automatização da vida cotidiana transformou os corações humanos em máquinas destituídas de sentimento. O excesso de racionalismo produziu situações anacrônicas em distintos campos. Já não há lugar para a nobreza de sentimentos. Tudo se veste e reveste de valores transitórios e insubstanciosos, os quais geram o vácuo espiritual.

Quem ou o que poderá ajudar o ser humano? A resposta é, simultaneamente simples e complexa. Diremos paradoxalmente: O SER HUMANO TERÁ DE AJUDAR-SE A SÍ MESMO COM O INSTRUMENTO FUNDAMENTAL DO AUTOCONHECIMENTO. Quando as pessoas compreenderem que são elas que fazem mal a sí mesmas, quando a natureza humana descobrir que não há separatividade entre os seres, as coisas começarão a marchar pelo caminho da redenção e felicidade intimas. Não há diferença entre EU e VOCÊ. Não há diferença entre VOCÊ e toda a CRIAÇÃO. Ambos são, o mesmo, coexistem infinita e indefinidamente. Como?… A mente não poderá compreender pois não está ao seu alcance. Somente a alma, ou a consciência pode desfrutar da inspiração átmica da onipresença. Lá e cá estão no mesmo lugar. Eu e você somos um. O Nada e o Todo são a Plenitude. O céu é aqui e o inferno é o aqui; tudo depende do ESTADO INTERIOR.

O relaxamento é um dos instrumentos que podem ajudar os indivíduos e os grupos sociais a reduzir ou se libertarem de excessiva tensão física, moral, afetiva, intelectual, psíquica ou social.

No campo da psicanálise conhece-se muito bem as razões técnicas pelas quais o analista coloca o paciente numa posição de repouso altamente relaxante. Até mesmo o próprio analista sente a necessidade de se instalar confortavelmente com o objetivo de atender convenientemente ao seu cliente. O mesmo se aplica ao terapeuta de vidas passadas.

Sigmund Freud foi um dos primeiros (início do século XX) a prever a necessidade de certa libertação ou distencionamento da pessoa. Foi ele quem clinicamente teve a idéia de estender o paciente sobre o divã com o objetivo de permitir ao cliente expressar aquilo que ficara recalcado durante anos devido ao condicionamento sócio-familiar.

A NECESSIDADE DE RELAXAR

Em 1908, o professor J. H .Schultz idealizou um método de relaxamento que se tornou mundialmente conhecido. Convém lembrar que Schultz foi discípulo de Freud. A sua técnica possui estreita ligação com  as bases da psicanálise.

Além de Schultz muitos outros autores partindo de pontos de vista psicoterapêuticos e neurofisiológicos verificaram o papel máximo do relaxamento no tratamento e profilaxia dos distúrbios mais ou menos neuróticos do século XX.

Na verdade foram os místicos, esoteristas e hermetistas os primeiros a se dedicar e aplicar os sistemas que permitissem  maior descontração orgânica e mental para obter estados alterados de consciência.

Desde os primórdios da civilização que os iogues, o Zen budismo, e outros, elaboram complexas regras para alcançar estados exaltados de consciência. Sempre houve necessidade do ser humano em fugir das condições de tensão, pressão, angústia, gerados pela vida social em qualquer lugar do planeta. Em nossos dias, devido a concentração excessiva de pessoas nos grandes centros urbanos emergiu a necessidade preeminente em encontrar meios, técnicas, métodos e sistemas que aliviassem a extrema condição de pressão psíquica e social. Fundamentados nesses elementos, os neurofisiologistas, psiquiatras, psicólogos, psicanalistas, sociólogos, etc, começaram a estudar como melhorar a vida das pessoas reduzindo e eliminando os elementos  tensionantes. Daí surgiram vários métodos de relaxamento, principalmente do início do século XX em diante. Passamos a descrever alguns deles.

RELAXAMENTO: MÉTODOS E TÉCNICAS

Existem diferentes métodos e técnicas de relaxamento. Aqui queremos ressaltar que em sentido restrito e exato há diferenças entre métodos e técnicas.

O método é um conceito mais abrangente que a técnica. No conceito do método entra em ação a intenção, o objetivo do autor. O método implica numa direção a ser seguida valendo-se das técnicas. O método ressalta a noção de uma contribuição criadora, de algo original. O conceito de técnica supõe a necessidade de uma aplicação prática para se solucionar determinado problema.

Há os métodos analíticos com fundo e base fisiológica e os métodos globais com base psicoterápica. Em nosso curso não nos deteremos em ser excessivamente acadêmicos quanto a definição. O nosso objetivo é apresentar métodos e técnicas que produzam o resultado desejado.

Confira algumas vantagens do relaxamento praticado regularmente:

  • Alívio do estresse
  • Diminui a ansiedade
  • Combate a insônia
  • Produz bem estar físico e mental
  • Aumenta a confiança em si mesmo
  • Reduz a depressão
  • Aumenta a criatividade
  • Revigora a memória
  • Melhora a circulação energética e sangüínea
  • Reduz a pressão arterial e muscular
  • Restaura os ritmos e a homeostasia natural
  • Estimula a percepção
  • Reduz os distúrbios emocionais
  • Produz paz interior
  • Maior alegria em viver

E muito mais.

Extrato da lição do Curso de Formação em Terapia de Regressão. Mais info, clique aqui.
Share