Conheça o Poder da Aura Humana


Aura: Campo Energético ao Redor do Corpo Humano

"A força de nossa mente nos dá energias positivas e dividimos com luz." M.Mocho: Sob rigorosa definição metafísica a aura é um campo energético ou vibracional que há em torno de todos os objetos animados ou inanimados.

O termo aura provém do latim “aura” cuja tradução é sopro de ar. A aura também é chamada de arco-íris humano, aura física, auréola vital, aura magnética, bioaura, eletroaura, fotosfera psíquica, ovo áurico, etc.

Não temos a intenção de proceder um estudo meticuloso acerca da aura, pois seriam necessárias longas descrições. Apresentaremos tão somente as noções fundamentais para a melhor compreensão das técnicas quiroprânicas.

AURA: DEFINIÇÃO

Aclaramos que o enfoque que daremos a aura refere-se aos aspectos metafísicos, energéticos, quânticos ou magnéticos já que existe também a visão da medicina.

Sob rigorosa definição metafísica a aura é um campo energético ou vibracional que há em torno de todos os objetos animados ou inanimados. Todos os entes do Universo possuem uma aura correspondente; em síntese emanam luz. Aliás, tal fato nos lembra que na Bíblia, em Gênese (Cap. I, Ver. 3) diz: “E disse Deus: Haja luz. E houve luz”. Cremos que em função do próprio processo criativo a luz está presente em todos os entes criados. Lembramos que os físicos quânticos postulam que a “matéria” é “luz congelada ou condensada”.

A aura ou o campo vibracional está presente desde o átomo (ou qualquer partícula subatômica) até as galáxias.

O nosso planeta Terra possui sua aura, assim como todos os planetas, sóis, satélites, meteoros ou galáxias. A Terra possui a aura física e extrafísica. A aura física é composta por uma camada magnética chamada de Cinturão de Van Allen, com cerca de 500 quilômetros de espessura. A segunda camada de Van Allen mede 20 mil quilômetros e a magnetosfera alcança cerca de 65 mil quilômetros no Universo físico. Além dessas já detectadas pela ciência, há outras camadas não captadas pelos aparelhos científicos atuais.

AURA HUMANA

O fenômeno aura humana é reconhecido por 97 culturas diferentes utilizando 97 nomes diferentes. Esse dado encontra-se no livro “Future Science” de autoria de John White e S. Krisppner (Berkeley, Shambhala, 1973). Portanto, como vemos, não se trata de nenhuma novidade. Atualmente a ciência se debruça nesse tema procurando compreendê-lo melhor. Negá-lo resulta de ignorância cultural ou científica. É óbvio que os instrumentos científicos atuais ainda são limitados no que tange a uma avaliação precisa e profunda, entretanto vários pesquisadores sérios uniram os recursos científicos disponíveis com indivíduos de comprovada capacidade paranormal em clarividência. Desse casamento surgiram vários estudos, avaliações e experiências que cada vez mais vêm comprovando o que os místicos, esoteristas e metafísicos têm afirmado há séculos.

Os ensinamentos esotéricos dos antigos textos védicos hindus, dos rosacruzes, gnósticos,  teosofistas, antroposofistas, budistas, tibetanos, etc. além de clarividentes competentes como Blavatsky, Rudolph Steiner, Leadbeater, Samael Aun Weor, Dora Kunz, entre outros, falam claramente acerca da aura humana, campo de energia humana, biocampo, campo bioplásmico, bioaura ou aura magnética.

MAR DE ENERGIAS

Todos os entes criados visíveis ou invisíveis aos olhos humanos orgânicos ou inorgânicos, material ou espiritual estão imersos em um mar de energias que podemos denominar de campo de Energia Cósmica ou Universal. Esse campo de energia cósmica já vem sendo estudado e descrito por diferentes culturas e paranormais ao longo dos séculos, portanto não se trata de nenhuma novidade conforme já citamos  anteriormente.

Graças ao avanço da ciência, aos poucos, esse campo foi despertando o interesse dos pesquisadores e cientistas. Assim, surgiram várias teorias, postulados e hipóteses. Desses estudiosos vamos destacar dois deles:  Dr. John White e Dr. Stanley Krippner. Eles enumeram algumas propriedades desse biocampo, campo de energia universal ou bioplasma. Vejamos algumas delas segundo esses pesquisadores:

O Campo de Energia Universal impregna todos os objetos animados ou inanimados.

  • O Campo de Energia Universal liga todos os entes uns aos outros.
  • O Campo de Energia Universal flui de um objeto para o outro.
  • O Campo de Energia Universal possui densidade que varia na razão inversa da distância de sua origem.
  • O Campo de Energia Universal gera harmônicos em diferentes oitavas e produz ressonância em diferentes níveis. Para entender melhor esse postulado sugerimos ler as lições 03 e 06 desse curso.
  • O Campo de Energia Universal é inesgotável. Não há como esvair esse tipo de energia. Essa propriedade contraria as leis científicas no campo da Termodinâmica.
  • O Campo de Energia Universal está presente não apenas na terceira dimensão em que vivemos, mas também em outras dimensões.
  • O Campo de Energia Universal atua sinergicamente, isto é, a união de dois entes gera uma energia maior do que a soma das duas em separado. A grosso modo seria o mesmo que somar 2+2 e temos 10 em vez de 4.

O Campo de Energia Universal é o mesmo bioplasma dos russos, o prâna dos hindus, Ki dos Japoneses, Chi dos chineses, o “fluidum” de Mesmer, o Azoth dos alquimistas, etc.

CAMPO DE ENERGIA HUMANA

Do mesmo modo que há um Campo de Energia Universal existem também no ser humano um Campo de Energia Humana. Esse é denominado popularmente como aura. A aura está presente em todos os seres animados ou inanimados. A aura é parte da Energia de Campo Universal associado aos entes criados.

A aura dos objetos inanimados pode sofrer algumas alterações em função de vários fatores. Por exemplo; um anel utilizado por um usuário por vários anos possui uma aura maior do que o mesmo anel novo vendido em uma joalheira. Certos objetos de cultos religiosos, livros sagrados, objetos de arte de renomados e de inspirados autores possuem uma aura muito maior do que a aura somente dos materiais físicos puros e simplesmente. Ocorre que a aura do objeto físico puro e simplesmente pode ser impregnada pela energia irradiada pelos seus autores ou usuários.

A aura dos entes orgânicos pode sofrer alterações em função de vários fatores. Por exemplo; por meio da foto Kirlian pode ser avaliado se um vegetal está ou não com alguma doença. Ocorre que o campo de um vegetal doente modifica-se em relação ao campo do mesmo vegetal saudável.

O Campo de Energia Humana, ou seja, a aura do ser humano é a mais complexa de todos os entes. Na verdade o ser humano compõe de vários campos de energia com densidades vibracionais diferentes. Esses campos se superpõem, entretanto não se confundem, pois cada um possui suas próprias particularidades. Mas, por outro lado, esses campos humanos influenciam uns aos outros. Exemplificando; se o campo de energia do corpo vital está alterado, haverá concomitantemente alterações nos campos emocional (astral), mental e alterações no corpo físico.

Extrato da lição  do Curso de Terapias Quiroprânicas Reiki. Mais info, clique aqui.

 

Share