Clorela Pode Salvar sua Vida


O Que é a Clorela

A clorela é uma das algas mais pesquisadas cientificamente, como alimento, nas últimas décadas. Há milhares de estudos e testes laboratoriais com o produto. Diversos estudos com rigoroso acompanhamento médico e clínico têm comprovado a eficácia nutricional e terapêutica da alga.

Centenas de publicações em revistas científicas e pesquisadores universitários vêm comprovando cada vez mais os benefícios da clorela para o organismo humano. Até mesmo a NASA, agência americana de pesquisas espaciais, vem utilizando a clorela como fonte alimentar para os astronautas em vôos orbitais. No Japão ela é utilizada abundantemente, e até mesmo incluídas em massas para pão, macarrão e outros derivados alimentares.

Clorela: Sabendo Mais

Saúde Um Desafio: Clorela: você conhece o poder desta alga?A clorela é um tipo de alga microscópica que se desenvolve em água doce. A clorela  foi detectada pela primeira vez em 1890 pelo microbiologista holandês M.W. Beijernick. A clorela é comumente escrita em vários países como CHLORELLA. No seu nome, o prefixo “CHLOR” foi escolhido por significar verde e o sufixo “ELLA” indica pequeno.

Segundo os pesquisadores a Chlorella está na Terra desde o período Pré-Cambriano, há mais de 2,5 bilhões de anos. Entretanto, somente após 1890, que a célula da Chlorella foi identificada através do microscópio. Somente no início deste século descobriu-se que a Chlorella era constituída de 60% de proteínas e multiplicavam-se muito rapidamente. A partir daí os cientistas de vários países, principalmente Alemanha, começaram a pesquisar para transforma-la em mais um alimento para o ser humano.

A pesquisa acerca da alga foi interrompida devido a Primeira e Segunda Grandes Guerras Mundiais, apesar disso o interesse pelos estudos se manteve. Em 1948, nos EUA, novas pesquisas foram reativadas pelo Instituto de Pesquisas de Stanford com experimentos bem sucedidos sobre o crescimento da Chlorella. Entretanto este estudo terminou devido a problemas financeiros. Em 1950, o Instituto Carnegie aprofundou as pesquisas e concluiu que a Chlorella poderia ser cultivada em escala comercial e poderia ser uma das soluções para a fome mundial.

Após o término da Segunda Guerra Mundial juntamente com a derrota do Japão alastrou, nesse país, uma espantosa escassez de alimento. Em 1951, a Fundação Rockffeler e o governo japonês patrocinaram estudos do Dr. Hiroshi Tamiya, no Instituto Biológico de Tokugawa. Dr. Tamiya foi o primeiro em desenvolver a tecnologia de crescimento, colheita e processamento em larga escala comercial da Chlorella.

Em 1957, foi fundada uma organização, sem fins lucrativos denominada Centro de Pesquisas Japonês da Chlorella, que construiu os maiores  tanques de cultura da Chlorella do mundo. Logo, a seguir a Associação Chlorella do Japão foi instituída com o apóio financeiro do governo japonês. O objetivo era comercializar a Chlorella como alimento. Daí para frente muitas pesquisas, empresas e instituições foram se interessando pela Chlorella.

Na década de 1960 pesquisadores japoneses viram na alga grandes possibilidades dela promover a saúde. As pesquisas foram aprofundadas e descobriu-se que a Chlorella continha grande quantidade de nutrientes fundamentais para o organismo humano.  É incontestável que a Chlorella tem salvado a vida de milhares de pessoas por todo o mundo; resolvendo problemas que a medicina moderna já abandonou, dando uma nova esperança para aqueles que têm sofrido com a doença e fazendo as pessoas mais conscientes sobre como preservar a sua boa saúde.

Chlorella: Benefícios Orgânicos

Segundo as pesquisas mais recentes os principais benefícios da Chlorella para o organismo humano são os seguintes:

  • Por ser um alimento riquíssimo em nutrientes, é usado no tratamento e na prevenção da desnutrição e seus efeitos.
  • Colabora no emagrecimento, caso seja ingerida uma hora antes das refeições. (Se ingerida durante as refeições não tem nenhuma influência sobre o peso corporal).
  • Eficaz para o restabelecimento da pele, combatendo cravos, espinhas, estrias, celulite e rugas precoces, propiciando a pele uma característica mais jovial.
  • Graças a sua composição básica a Chlorella apresenta uma porcentagem de sessenta por cento de proteínas e é capaz de produzir 50% por cento mais proteínas do que qualquer outro ser vivo.
  • Normaliza as funções digestivas e intestinais.
  • Estimula o crescimento e a recuperação dos tecidos.
  • Colabora no crescimento cerebral e a inteligência, principalmente em crianças.
  • Retarda o envelhecimento precoce e a degeneração orgânica.
  • Elimina as toxinas retidas nos tecidos orgânicos (tipo ácido úrico, fenol, cadaverina, indol, escatol, putrescina, nitrosaminas, benzopireno e outras derivadas resultantes de uma alimentação industrializada).
  • Confere proteção extra contra as doenças degenerativas (câncer, infarto, diabetes, arteriosclerose, reumatismo, doenças auto-imunes, etc.).
  • Poderoso auxiliar no tratamento das infecções em geral, sejam bacterianas, virais, por fungos, etc.
  • Eficiente no tratamento e na prevenção do estresse, da síndrome da fadiga crônica, da síndrome da desmotivação, da estafa e da síndrome do pânico.
  • Favorece na recuperação mais rápida de contusões, perdas de tecidos, fraturas e cirurgias.
  • Fortalece o sistema imunológico.
  • Protege contra agentes poluentes e tóxicos.
  • Protege contra radiações de diversos tipos, principalmente atômica e solar (raios ultra-violeta).
  • Auxiliar nos distúrbios femininos (dismenorréia, cistite sintomas de menopausa, etc.).
  • Reduz a tendência a osteoporose.
  • Possui efeito anticolesterol.
  • Indicada para crianças que:
  • Mostram baixo crescimento.
  • Resfriam-se freqüentemente.
  • Tenham dermatite e urticária freqüentemente.
  • Asmática.
  • Tenham diarréia freqüente.
  • Corpo frágil.
  • Ajuda no combate a hipertensão
  • Efeito alcalinizante.

As pesquisas acerca dos benefícios da Chlorella continuam e cada vez mais se comprova o valor excepcional desse alimento-medicamento poderoso.

Extrato da lição do Curso de Formação em Terapia Holística. Mais info, clique aqui.

Share