Discos Voadores São Reais


Você Já Foi abduzido?

Abdução é usado para descrever, relatar, afirmar ou simplesmente levantar a hipótese de raptos, desaparecimentos temporários ou memórias supostamente reais de pessoas que teriam sido levadas secretamente, contra a própria vontade.

#7 - Casa em formato de disco voador, do Partido Comunista Búlgara, Bulgária: Vejamos o que nos diz a Wikipédia sobre a abdução:

“Em um contexto de ufologia, o termo abdução é usado para descrever, relatar, afirmar ou simplesmente levantar a hipótese de raptos, desaparecimentos temporários ou memórias supostamente reais de pessoas que teriam sido levadas secretamente, contra a própria vontade ou não, por entidades aparentemente não humanas ou de natureza e origem desconhecidas, e então submetidas a procedimentos físicos e psicológicos de complexidade não-compreendida.

Uma parte das pessoas que afirmam ou alegam ter sido abduzidas relata exames semelhantes a exames médicos, porém uma parte deles forçada, invasiva e não voluntária. A natureza dos relatos de abduzidos varia, negativamente ou positivamente, com alguns relatando experiências assustadoras ou traumáticas e outros relatando uma experiência agradável ou transformadora.

O suposto fenômeno da abdução gera uma atenção substancial de cientistas, cuja maioria nega objetivamente os relatos existentes ou questiona se os fatos realmente aconteceram da forma como são descritos. Essas tentativas de explicações dadas para os relatos são muitas, incluindo sugestionabilidade, psicopatologias e hipnose.

Uma das primeiras narrativas ousadas de suposta abdução a ter ampla divulgação foi o caso de Betty e Barney Hill, em 1961. Porém, uma grande variedade de relatos de abdução tem sido feita ao redor do mundo, mas é mais comum em países de língua inglesa principalmente os  Estados Unidos”.

No final desse trecho o artigo é impreciso. As abduções ganharam destaque nos EUA devido a publicidade e atuação intencional da indústria cinematográfica para produzir informação e desinformação ao mesmo tempo, ou seja confundir para facilitar a invalidação.

Grosso modo, podemos afirmar que um número significativamente elevado da humanidade já foi abduzida, tanto nas últimas décadas quanto no passado.

Continue reading


Conheça o Poder da Aura Humana


Aura: Campo Energético ao Redor do Corpo Humano

"A força de nossa mente nos dá energias positivas e dividimos com luz." M.Mocho: Sob rigorosa definição metafísica a aura é um campo energético ou vibracional que há em torno de todos os objetos animados ou inanimados.

O termo aura provém do latim “aura” cuja tradução é sopro de ar. A aura também é chamada de arco-íris humano, aura física, auréola vital, aura magnética, bioaura, eletroaura, fotosfera psíquica, ovo áurico, etc.

Não temos a intenção de proceder um estudo meticuloso acerca da aura, pois seriam necessárias longas descrições. Apresentaremos tão somente as noções fundamentais para a melhor compreensão das técnicas quiroprânicas.

AURA: DEFINIÇÃO

Aclaramos que o enfoque que daremos a aura refere-se aos aspectos metafísicos, energéticos, quânticos ou magnéticos já que existe também a visão da medicina.

Sob rigorosa definição metafísica a aura é um campo energético ou vibracional que há em torno de todos os objetos animados ou inanimados. Todos os entes do Universo possuem uma aura correspondente; em síntese emanam luz. Aliás, tal fato nos lembra que na Bíblia, em Gênese (Cap. I, Ver. 3) diz: “E disse Deus: Haja luz. E houve luz”. Cremos que em função do próprio processo criativo a luz está presente em todos os entes criados. Lembramos que os físicos quânticos postulam que a “matéria” é “luz congelada ou condensada”.

A aura ou o campo vibracional está presente desde o átomo (ou qualquer partícula subatômica) até as galáxias.

O nosso planeta Terra possui sua aura, assim como todos os planetas, sóis, satélites, meteoros ou galáxias. A Terra possui a aura física e extrafísica. A aura física é composta por uma camada magnética chamada de Cinturão de Van Allen, com cerca de 500 quilômetros de espessura. A segunda camada de Van Allen mede 20 mil quilômetros e a magnetosfera alcança cerca de 65 mil quilômetros no Universo físico. Além dessas já detectadas pela ciência, há outras camadas não captadas pelos aparelhos científicos atuais.

AURA HUMANA

O fenômeno aura humana é reconhecido por 97 culturas diferentes utilizando 97 nomes diferentes. Esse dado encontra-se no livro “Future Science” de autoria de John White e S. Krisppner (Berkeley, Shambhala, 1973). Portanto, como vemos, não se trata de nenhuma novidade. Atualmente a ciência se debruça nesse tema procurando compreendê-lo melhor. Negá-lo resulta de ignorância cultural ou científica. É óbvio que os instrumentos científicos atuais ainda são limitados no que tange a uma avaliação precisa e profunda, entretanto vários pesquisadores sérios uniram os recursos científicos disponíveis com indivíduos de comprovada capacidade paranormal em clarividência. Desse casamento surgiram vários estudos, avaliações e experiências que cada vez mais vêm comprovando o que os místicos, esoteristas e metafísicos têm afirmado há séculos.

Continue reading


Você Sabe Como Funciona sua Mente


Conquistando a Dinâmica Mental

A energia mental está dentro e fora de nós. Existe a mente pessoal e a mente cósmica. Na verdade, qualquer forma criada possui energia mental. Na Psicologia Tibetana a MENTE é vista com muito mais profundidade do que na Psicologia Ocidental. Tendemos a associar a mente ao intelecto ou idéias e em virtude disto caímos num labirinto de teorias, onde não há o fio de Ariadne.

frases de Jung Mais: Os monges psicológicos tibetanos chamam de KUN-SHI NAM-SHE ao fundamento de todas as nossas experiências. Toda e qualquer experiência de uma pessoa produz impressões. As impressões podem ser positivas ou negativas. As impressões podem gerar formas mentais (EUS PSICOLÓGICOS), criando certo vínculo, digamos, kármico. As formas mentais kármicas são como sementes. Se forem cultivadas criam raízes, germinam, dão frutos e geram novas sementes, criando o círculo vicioso do SAMSARA, ou roda da vida, cujo resultados são observados no diário viver.

A tradição tibetana não vê diferença entre corpo, mente e espírito. Para eles o homem é um todo, portanto o KUN-SHI NAM-SHE não se refere unicamente ao aspecto puramente psicológico do funcionalismo da mente, mas há, sobretudo, um conteúdo profundíssimo do aspecto filosófico e religioso em dimensões cósmicas. As características do próprio corpo físico são vistas como um produto da emanação e cristalização da mente. Através do estado de consciência (vide lição 7) a energia mental é dirigida. Quanto maior for o grau de consciência, melhor será a orientação dada à energia mental. Quanto menor for o grau de consciência, maior desordem haverá na energia mental.

Continua o Dr. Samael, na mesma obra anteriormente citada:

“Em dinâmica mental necessitamos saber algo sobre o como e o porque funciona a mente.

“A mente, inquestionavelmente, é um instrumento que nós devemos aprender a manejar conscientemente. Porém, seria absurdo que tal instrumento fosse eficiente se antes não conhecêssemos o como e o porque da mente.

“Quando se conhece o como e o porque da mente, quando se conhece os diversos funcionalismos da mesma, pode-se controlá-la e esta se converte em um instrumento útil e perfeito, em um maravilhoso veículo mediante o qual podemos laborar em benefício da humanidade.

“Necessitamos, na verdade, de um sistema realista, se é que verdadeiramente queremos conhecer o potencial da mente humana.

“Por estes tempos abundam muitos temas para o controle da mente. Há os que pensam que certos exercícios artificiosos podem ser magníficos para o controle do entendimento. Há escolas, existe muita teoria sobre a mente, muitos sistemas, mas como seria possível fazer da mente algo útil? Reflitamos que, se nós não conhecemos o como e o porque da mente não podemos conseguir que esta seja perfeita.

“Necessitamos conhecer os diversos funcionalismos da mente, se é que queremos que a mesma seja perfeita. Como funciona? Por que funciona? Esse como e porque são definitivos.

“Se, por exemplo, lançamos uma pedra a um lago veremos que se formam ondas, estas são a reação do lago, da água contra a pedra. Similarmente, se alguém nos diz uma palavra irônica, esta palavra chega à mente e a mente reage contra tal palavra, então vêm os conflitos.

Continue reading


Corpo Sadio, Mente Sadia. Corpo Doente, Mente Doente


Emoções e Corpo: Um Todo Inseparável

Quem estuda a si mesmo se torna uma pessoa mais feliz, confiante e independente. : Certo médico possuíra fracas artérias coronárias. Ele fez o seguinte comentário:“A pessoa que tiver a capacidade de me zangar está com minha vida em suas mãos”. Esse pobre homem encontrou esse indivíduo. Acabou morrendo um dia em uma violenta crise de ira. Caso esse médico não possuísse debilidades no coração poderia facilmente suportar o regime de trabalho cardíaco durante a explosão de raiva. Fica claro a relação corpo e emoções.

No artigo “The Urinary Output of Adrenalin and Noradrenalin during Pleasant and Unpleasant Emotional States” publicado em “Psychosomatic Medicine”(27:80, 1965) o Dr. Lennart Levi, do Caroline Institute de Estocolmo procedeu a seguinte experiência.

Reuniram-se vinte voluntários e recolheram amostras de suas urinas em recipientes e logo a seguir foram levados para assistir um filme. Após o filme novamente foram recolhidas novas amostras de urina dos mesmos indivíduos.

O primeiro filme assistido foi um documentário acerca de uma viagem. A película provocou-lhes pequenas reações de caráter emocional. Os exames de urina demonstraram que durante a projeção do filme as glândulas haviam reduzido a produção dos hormônios adrenalina e noradrenalina.

Dias depois os voluntários assistiram um filme de guerra, uma comédia e outro de terror. Tais películas desencadearam diversas e fortes reações como: tristeza, alegria, medo, etc. Os exames de urina posteriores revelaram acentuados aumentos na produção de hormônios dos voluntários.

O simples estado emocional, gerado apenas pelas cenas dos filmes, demonstrou ser suficiente para promover profundas alterações nas reações químicas do corpo.

INEGÁVEL COMPROVAÇÃO

Há muitas enfermidades decorrentes de alterações anatômicas. Entre essas estão as disfunções das coronárias. Sem dúvida o curso das mesmas podem ser afetadas por fatores emocionais e psíquicos. Verificou-se que, as alterações comuns relativas às artérias geradas de ataque cardíaco podiam ser encontradas em mais de 70% dos jovens mortos na guerra da Coréia. A faixa etária média dos afetados era de 22 anos. É interessante notar que estas alterações apresentam-se, quase generalizadas, entre os homens americanos de meia idade. A freqüência entre os americanos é tão elevada a ponto de incluir quase todos os tipos de personalidades. Esses mesmos indivíduos também apresentam todas as variedades conhecidas de antecedentes emocionais, tensões psicológicas e temperamentos. Quando a enfermidade progride até o ponto de ocasionar dores no peito recorrentes, tais dores podem ser precipitadas tanto por esforços físicos como também por fatores emocionais. É inegável o fato de que as emoções podem acelerar o regime de trabalho do coração.

Continue reading


Mundo Astral: Fantasia ou Realidade


O Mundo Astral: Existe?

Os mundos astral e mental não são o Paraíso ou Nirvana. É preciso saber que existem riscos e perigos para o projecionista em suas incursões extrafísicas. Há, nos mundos astral e mental, uma variedade de regiões e entidades de distintas espécies e índoles. ExisteBy Pablo Amaringo: m as forças da LUZ e as forças das TREVAS. Lembramos serem os perigos do mundo físico muito superiores aos da quarta e quinta dimensões.

Não há nenhum motivo para o desdobrista se preocupar com certas entidades, em suas investigações extracorpóreas, por duas razões. Primeira: vamos lhe fornecer várias armas defensivas para o caso de ataques extrafísicos. Segunda: se você for covarde é melhor abandonar estes estudos, porque não possui maturidade suficiente. Estas investidas são para pessoas com certa dose de coragem e intrepidez, dispostas a desvendar o desconhecido. Aos covardes e medrosos recomendamos permanecerem em suas alcovas, rangendo os dentes e tremendo os joelhos ao mínimo fato extrafísico ou ultrafísico.

ATAQUE EXTRACORPÓREO

O ataque extrafísico pode ocorrer ao projecionista tanto no mundo astral como no físico. O principal ponto a ser observado em qualquer tipo de agressão astral é o estado de tranqüilidade do atacado. Qualquer perda de autodomínio é o suficiente para dificultar a anulação dos agressores.

As características do ataque podem ser muito diversificadas, mas de modo geral possuem alguns pontos em comum. Vejamos:

a) IMOBILIDADE – O agressor pode ser uma entidade encarnada ou desencarnada que, de alguma maneira, pode limitar ou imobilizar o desdobrista, estando este fora do corpo físico.

b) METAMORFOSE – A entidade agressora assume formas horrendas visando inibir, através do medo, a ação do projecionista.

c) SIMULAÇÃO IDEOPLÁSTICA – A entidade agressora cria formas-pensamento limitativas ao desdobrado. Exemplo: imaginá-lo dentro de um cofre hermeticamente fechado, aprisionado no interior de uma caverna ou de uma jaula, etc.

d) DARDOS ASTRAIS – A entidade agressora plasma fagulhas, dardos ou raios energéticos e os lança contra o desdobrado.

e) FORÇA HIPNÓTICA – A entidade agressora manipula a sua força hipnótica para obsedar ou dominar a vontade do projetado.

f) TENEBROSOS – Toda entidade agressora pode ser denominada de tenebrosa. Elas atacam suas vítimas de diferentes modos e, sobretudo, durante o sono reparador do organismo. O Dr. Samael Aun Weor, em sua obra “Logos, Mantra e Teurgia”, afirma o seguinte dos tenebrosos:

Continue reading


Por Que Você Só Usa Metade do Seu Cérebro?


Metades Cerebrais

Nos animais, de modo geral, as duas metades cerebrais são praticamente iguais ou simétricas funcionalmentEfeitos da Terapia Cognitivo-Comportamental no Cérebro: Um Estudo: e. No ser humano, entretanto, os hemisférios cerebrais desenvolveram-se assimétricos funcionalmente, ou seja, há um uso preferencial de uma mão ou outra, por exemplo.

A ciência sabe há mais de um século que as funções da linguagem localizam-se principalmente no hemisfério esquerdo da maioria das pessoas. Em termos percentuais é algo ao redor de 98% para os destros e 2% para os canhotos. Os pesquisadores chegaram a conclusão de que o hemisfério esquerdo do cérebro se especializa em funções referentes às palavras da linguagem. Essa conclusão foi possível devido a observação de que uma lesão no hemisfério esquerdo produzia uma perda acentuada da capacidade de fala do que o mesmo dano causado no hemisfério direito.

Está claro que as funções da fala e linguagem estão intimamente relacionadas com o pensamento, raciocínio e às funções cognitivas superiores que diferenciam os seres humanos de outros tipos de animais. Os fisiologistas do século XIX denominaram o hemisfério esquerdo de  DOMINANTE e o hemisfério direito de SUBORDINADO, não-dominante ou secundário.

Há muito tempo os fisiologistas debruçaram-se nos estudos de um espesso feixe nervoso composto de milhões de fibras que conectam os dois hemisférios cerebrais, ou seja, o corpo caloso. Devido a sua posição estratégica como interligador dos dois hemisférios acreditava-se ser essa enervação muito importante. Mas, as experiências demonstraram o contrário, pois o corpo caloso poderia ser cortado sem que houvesse nenhuma mudança significativa.

Dr. Roger W. Sperry (professor de psicobiologia, ganhador do Premio Nobel de Medicina e Fisiologia, em 1981) e seus alunos do Instituto de Tecnologia da Califórnia, EUA, procederam várias experiências com animais na década de 1950. Descobriram que as principais funções do corpo caloso era o de permitir a comunicação entre os dois hemisférios, facilitando a transmissão da memória e do aprendizado. Comprovou-se, também, que mesmo seccionando o feixe nervoso os dois hemisférios continuavam a operar independentemente, o que demonstrava, em parte a aparente ausência dos efeitos sobre a conduta e o funcionamento.

Continue reading


Você Tem Consciência


Consciência Não é Pensamento

consciencia: Sob o ponto de vista prático, a consciência é uma espécie de “dar-se conta interiormente”, não tendo nada a ver com as atividades do pensamento ou da mente. É uma tomada de conhecimento de si mesmo. É a percepção de QUEM SE É, de ONDE SE ESTÁ e o QUE SE FAZ.

Após este estado, compreende o que sabe, o que não sabe e o que precisa aprender. Somente a própria pessoa será capaz de saber se, de fato, está ou não CONSCIENTE em certo momento. Logicamente, apenas o próprio indivíduo pode aperceber se sua consciência existe ou não naquele instante. Portanto, é impossível para qualquer pessoa avaliar se a consciência do outro está ou não ausente. As manifestações exteriores são impróprias para nos certificarmos se há ou não a presença da consciência em dado momento.

CONSCIÊNCIA:  PRESENTE OU AUSENTE

A presença ou ausência da consciência tem e deve ser percebida pela própria pessoa, porque somente o indivíduo pode avaliar o seu estado. Nem sempre os atos exteriores são fiéis indicadores do estado de consciência. Podem ocorrer ações e reações físicas, psicológicas ou mentais, sem que a pessoa esteja consciente. Uma pessoa poderá perceber, em dado momento, que esteve CONSCIENTE uns poucos instantes, mas logo esquecerá tal experiência, pois mesmo que a recorde não haverá a presença da consciência. Será tão somente a memória e nada mais. É preciso compreender a descontinuidade do estado conscientivo. O indivíduo não está pleno de si mesmo todo o tempo. Os momentos mais intensos de consciência criam a memória e, em outros, o esquecimento completo de si mesmo. A movimentação desta descontinuidade produz a sensação de consciência. Além do mais, devemos acrescentar a condição de DURAÇÃO , FREQUÊNCIA e PROFUNDIDADE da consciência.

O intervalo de tempo no qual a pessoa ficou consciente de si mesma, vai nos indicar a DURAÇÃO DA CONSCIÊNCIA.

A quantidade de vezes em que o indivíduo permaneceu no estado de alerta demonstrará a FREQUÊNCIA DA CONSCIÊNCIA.

A amplitude e a penetração da percepção conscientiva do homem, em dado momento, irá mostrar a PROFUNDIDADE DA CONSCIÊNCIA.

Como você poderá saber qual é o limite de sua consciência? Pois bem, preste atenção ao seguinte exercício:

Continue reading


Profecia, Premonição, Vidência: Fato ou Embuste


É Possível Ver o Futuro?

Todos nós estamos acostumados aos acontecimentos, tanto a nível nacional como mundial. Basta assistir aos noticiários, no rádio ou na televisão. Ondas de calor, frio intenso, guerras, incêndios, vulcões em atividade, vendavais, furacões, criminalidade, violência, poluição, epidemias, enfim é um verdadeiro CAOS! Se o nosso presente está assim, como será o nosso FUTURO?

O que nos dizem os profetas, sábios, videntes e cientistas a respeito de nosso futuro? É justamente sobre este conflitante assunto que discorreremos nas próximas linhas.

PROFECIAS DE NOSTRADAMUS

Diz Michel de Nostradamus:Saiba quais são as profecias de Michel de Nostradamus para o ano que agora se inicia.:

“E os homens que virão depois de mim, conhecerão a verdade que digo, porque verão que, infalivelmente, se realizaram vários acontecimentos vaticinados por mim.

“Também saberão os que faltam cumprir-se, pois os indiquei com claridade.

“Então, as inteligências compreenderão sob o céu; porém só quando chegar o tempo de dissipar-se a ignorância, o sentido de minhas predições será cada vez mais claro”.

QUEM FOI NOSTRADAMUS

As profecias do grande mago, médico, astrólogo e vidente francês MICHEL DE NOSTRADAMUS são verdadeiramente assombrosas. Nostradamus nasceu em 14 de dezembro de 1503, em Saint Remy de Provence, França, e morreu depois de cumprir sua missão, em 2 de julho de 1566.

Na localidade de Salon começou a profetizar, inicialmente de forma modesta, a seguir com redobrado vigor. Levou adiante a idéia de publicar seus prognósticos, organizados em quartetos, aos quais deu a forma de almanaque.

Com referência a personagens, citaremos dois exemplos que são Cromwel e Carlos I, não obstante Nostradamus antecipe a existência de quase todos os reis da França, a morte de vários Papas, Napoleão Bonaparte, Hitler, De Gaulle, Mussolini, inclusive – segundo muitos- o assassinato de John F. Kennedy e outros personagens contemporâneos também são citados. Analisemos alguns versos soltos, referentes a Napoleão:

“Um imperador nascerá perto da Itália.

De simples soldado, chegará ao Império.

Manterá o controle absoluto sobre a Igreja,

Os 14 anos em que mantenha o mando”.

Napoleão nasceu na ilha de Córsega, frente ao Golfo de Gênova, Itália. De subtenente de artilharia chegou a Imperador. Exerceu influência sobre a Igreja. Basta recordar que em 1809 mandou prender o Papa para anular seu casamento com Josefina.

Outra profecia igualmente surpreendente é a que anuncia a causa da 2a. Guerra Mundial: Adolf Hitler. Analisemos o quarteto em que dá o próprio nome do fuehrer:

Continue reading


Você Conhece Alguém com Depressão?


Depressão Nossa de Cada Dia

Já vimos que a depressão pode somatizar-se em forma de dores nas costas. Impotência, insônia, torpores, perturbações gastrointestinais, palpitações cardíacas, entre outros males são também equivalentes depressivos.

Pensamentos:): Estima-se que cerca de um em cada cinco hipocondríacos são, na verdade, vítimas de depressões subjacentes. Somente cerca de 25% dos deprimidos procura os médicos motivados por desconforto orgânicos.

Dr. Michael J. Halberstam, da Escola Médica da Universidade George Washington, EUA, relata o caso de sete pacientes deprimidos. Cada um deles o procurou por causa de uma gripe ou resfriado que não queria desaparecer apesar das providências tomadas. Os sintomas não apresentavam qualquer relação com doença viral ou do sistema respiratório. Eles sentiam-se cansados. Tinham dificuldade em manter-se concentrados e sentiam dificuldade em levantar-se da cama ao despertar pela manhã.

Dr. Halberstam também relata dois casos de pacientes que o procuraram por causa de “infecções oculares”. No entanto, ao consultar o oftalmologista nada de anormal foi encontrado. Um deles reclamava que seus olhos pareciam pesados. O segundo queixava-se de ter dificuldade em ler. O verdadeiro problema não era visual e sim dificuldade de concentração naquilo que estava lendo.

A pessoa deprimida, com freqüência sente pressão, dor difusa e ardência no peito. Quando lhe perguntam onde dói, a resposta é imediata apontando para o peito. Esse gesto é característico da pessoa depressiva.

É comum entre os deprimidos o surgimento da fadiga. A vítima sente-se incapaz de realizar suas tarefas normais do dia. Para eles tal trabalho é um fardo pesadíssimo. Essa exaustão pode ser originada em alguém que sofreu forte tensão por tempo prolongado. Ao que parece, a incapacidade do organismo reagir aos estímulos resulta de uma reação do corpo para reequilibrar-se após grande esforço.

FADIGA DE ORIGEM EMOCIONAL

Nos casos de fadiga muito prolongada no qual o indivíduo se sente excessivamente cansado até mesmo pelo menor esforço. Tais indicações significam que essas pessoas possuem, em sua maioria, conflitos emocionais significativos. Em pesquisa realizada com trezentos pacientes acometidos de fadiga crônica, comprovou-se que somente 20% estavam com problemas orgânicos como anemia, falta de vitaminas ou complicações hepáticas. Dr. Nathaniel Shafer, da Escola Médica de Nova Iorque opina que: “Mesmo nesses casos  não é certo afirmar que o mal orgânico tenha sido o motivo de fadiga. Uma vez que muitos pacientes vítimas desse mal, não apresentaram fadiga em seus sintomas”.

Continue reading


Musicalmente Saudável


 Emoção, Música e Saúde

Constatou-se que na Clínica Ochsner, Nova Orléans, EUA. Cerca de 74% de 500 doentes gastro-intestinais estavam, na verdade, sofrendo de doenças causadas por emoções.

La FIBROMIALGIA y los beneficios de la MUSICOTERAPIA. http://fibromialgiadolorinvisible.blogspot.com.ar/2015/08/la-fibromialgia-y-los-beneficios-de-la.html:

O Departamento Médico de Doentes Não Internados em Yale, EUA, relatou que a tensão emocional era responsável pelas doenças de 76% de todos os pacientes que procuravam esta clínica.

O filósofo e psicólogo Willian James diz que “as emoções são estados de espírito que se manifestam por alterações sensíveis no organismo”. Essas alterações são inequivocadamente acompanhadas de determinados estados psicológicos.

Será que já paramos para avaliar os danos que causam as emoções descontroladas? Vamos analisar o que sucede num momento que ficamos irritados. Os músculos do orifício de saída do  estômago se contraem tanto que nada sai do estômago e todo o tubo digestivo fica espástico, tenso. Muitas pessoas têm dores intensas no abdômen durante um ataque de raiva ou ira. Ao mesmo tempo o número de glóbulos vermelhos aumentam em demasia e o sangue se coagula com mais rapidez do que o normal. As pulsações do coração chegam até 180, 220 ou mais, permanecendo assim até que a crise passe. A pressão arterial se eleva de uns 13 até 23 ou mais. Não é raro uma pessoa sofrer um distúrbio cerebral durante um acesso de ira, por causa da pressão tão elevada, chegando a romper um vaso sangüíneo no cérebro. As coronárias do coração se contraem o bastante para produzir a angina pectoris ou uma obstrução coronária fatal.

John Hunter, fisiologista inglês famoso, tinha um temperamento insuportável e também para seu infortúnio, um mal par de coronárias. Dizia que o primeiro velhaco que o fizesse ficar demasiadamente zangado mata-lo-ía. Em um congresso Médico, o velhaco apareceu e o fez ficar com tanta ira que ele caiu morto, em conseqüência de um ataque cardíaco.

Continue reading