Banho Terapêutico


O Que É Aromabanhoterapia

O banho não é apenas privilégio do ser humana, mais também uma ação muito comum em diversos animais. Os elefantes, por exemplo, se banham com água, e até mesmo com lama com o objetivo de proteger a pele de ataques de insetos.

O banho é uma atividade comum a praticamente todos povos no decorrer da história. Existem três motivos básicos para o banho: motivos religiosos, peloMais de um banho por dia pode fazer mal à saúde, aponta estudo prazer e com finalidades terapêuticas. Os seres humanos se banham em água proveniente de diferentes manifestações da natureza como no mar, nos rios, nos lagos, nas fontes e em grande variedade de construções especiais feitas pelo homem.

A Aromabanhoterapia é um sistema de tratamento que envolve a aplicação de água juntamente com ervas ou essências aromáticas. Serve para tratar de diversos distúrbios orgânicos como artrite e o reumatismo, os problemas de pele, as doenças do peito, as desordens abdominais e ginecológicas além de vários distúrbios emocionais que podem manifestar melhoras com a utilização de um simples banho. Mais adiante vamos explicar como utilizar os banhos aromáticos para tratar diversas enfermidades.

BANHO: TEMPERATURAS DIFERENTES  –  EFEITOS DIFERENTES

Pelo já explicado acerca da pele já sabemos que temperaturas diferentes têm efeitos diferentes sobre o corpo. Como já nos alertou o sábio Hipócrates há mais de 2000 anos que em  determinadas circunstâncias, uma aplicação fria pode ajudar e em outras pode prejudicar. Por essa razão necessitamos compreender as variações das  temperaturas e seu respectivo efeito no corpo. Basicamente há apenas três: temperatura fria, morna e quente.

TEMPERATURA FRIA

O banho com a temperatura fria varia de 10ºC a 29ºC. A sua principal função e estimular o metabolismo, diminuir a irritabilidade muscular (depois que cessam os tremores), tonificar a pele, aumentar a imunidade. Esse tipo de banho somente deve ser usado por pessoas em boas condições de saúde, isto é, sem problemas cardíacos ou de pressão sangüínea, porque o frio pode produzir uma alteração dos batimentos do coração e um pequeno aumento da pressão.

Esse tipo de banho deve ser rápido de alguns segundo ao tempo máximo de dois minutos.

TEMPERATURA MORNA

O banho com a temperatura morna varia de 29ºC a 36ºC. Essas temperaturas estão próximas da temperatura normal do corpo de 37ºC.  Devido a isso não podemos esperar mudanças fisiológicas profundas. Não  provocam muita transpiração. Assim haverá pouca excreção de toxinas. Tampouco correrá estimulação do metabolismo decorrente da reação ao frio.  A principal função terapêutica do banho morno é criar uma temperatura agradável para o indivíduo entrar num banho medicinal. Um banho morno pode tomado por quinze minutos a uma hora.

TEMPERATURA QUENTE

O banho com a temperatura quente varia de 38ºC a 41ºC.  Nessas temperaturas visa-se intensificar o papel excretor da pele, ou seja, estimular o terceiro rim para ajudar na desintoxicação. Essa variação de temperatura é ótima para se eliminar a dor por meio do calor nos músculos e articulações. É, também, útil para muitos problemas associados com dores espasmódicas. O banho quente tem um efeito sedativo e relaxante. Desse modo a melhor hora para tomá-lo é no final do dia, quando se pode deitar em seguida. É benéfico nos estados de tensão e quando há problemas de insônia. Um banho quente pode ser tomado entre cinco e quinze minutos, mas o ideal é restringi-los aos horários em que a pessoa não tem mais que sair de casa.

BANHO: 19 RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES

Os banhos de asseio normais que cada pessoa toma não requerem nenhuma atenção especial quanto a procedimentos, entretanto os banhos aromáticos e os com certa variação de temperatura exigem alguns cuidados. Vamos mencionar alguns deles.

Escolha o tipo indicado para cada caso, seja banho quente, banho de assento, banho medicinal, etc.

1) Verifique se realmente pode tomar o banho com total segurança.

2) Controle a temperatura. Evite entrar em um banho quente imediatamente. Prepare um banho morno, entre e depois aumente a temperatura acrescentando água quente aos poucos. Essa mesma recomendação vale para o banho frio.

3) Tenha sempre a mão um termômetro para manter a temperatura do banho dentro dos limites explicado anteriormente.

4) Evite trancar a porta do banheiro a não ser que seja indispensável.

5) Evite as bebidas alcoólicas ou drogas fortes antes de um banho.

6) Evite tomar um banho depois de uma refeição pesada ou uma hora antes. Duas horas depois é o tempo mínimo, mas o ideal é três horas.

7) Evite tomar banho ou banho quente de assento caso haja  histórico de pressão alta ou doenças cardíacas. Um exame médico primeiro é o recomendável.

8) Evite recomendar ou tomar banhos quentes, banhos quentes de assento nem faça fricções caso haja gravidez.

9) Evite banhos de aromaterapia ou e ervas caso haja gravidez.

10) Evite banhos quentes em crianças, banhos quentes de assento nem faça fricções.

11) Evite se levantar muito depressa depois de um banho quente,  fricção ou de uma bandagem. Porque pode ocorrer queda da pressão, provocando uma tonteira desagradável ou até um desmaio.

12) Evite usar essências num banho se houver um histórico importante de alergia de pele. É mais seguro testar antes a solução em uma pequena parte do corpo com braço ou coxa, por exemplo.

Evite permanecer no banho por mais tempo do que o necessário  principalmente no caso dos banhos quentes ou com essências desintoxicantes.

13) Evite recomendar ou tomar banhos quentes caso se sinta debilitado ou com pouca energia, porque eles o debilitará mais ainda.

14) Evite o banho quente de banheira ou de chuveiro sem que em seguida, tomar um outro banho mais frio ou sem se refrescar com água fria Esse procedimento é para que os poros se fechem.

15) Evite banhos quentes pela manhã caso tenha que sair de casa logo após.

16) Evite banhos frios caso sofra de infecções constantes do trato respiratório.

17) Evite banhos quentes caso haja qualquer redução neurológica das sensações.

18) Evite banhos quentes caso haja qualquer problema vascular periférico, como claudicação intermitente.

19) Evite banhos quentes caso haja qualquer complicação vascular decorrente de diabetes mellito; como ulceração na perna.

Matricule-se agora mesmo no Curso Livre de Formação em Terapia Holística. Clique aqui.

Share