O Que É Aromabanhoterapia

O banho não é apenas privilégio do ser humana, mais também uma ação muito comum em diversos animais. Os elefantes, por exemplo, se banham com água, e até mesmo com lama com o objetivo de proteger a pele de ataques de insetos.

O banho é uma atividade comum a praticamente todos povos no decorrer da história. Existem três motivos básicos para o banho: motivos religiosos, peloMais de um banho por dia pode fazer mal à saúde, aponta estudo prazer e com finalidades terapêuticas. Os seres humanos se banham em água proveniente de diferentes manifestações da natureza como no mar, nos rios, nos lagos, nas fontes e em grande variedade de construções especiais feitas pelo homem.

A Aromabanhoterapia é um sistema de tratamento que envolve a aplicação de água juntamente com ervas ou essências aromáticas. Serve para tratar de diversos distúrbios orgânicos como artrite e o reumatismo, os problemas de pele, as doenças do peito, as desordens abdominais e ginecológicas além de vários distúrbios emocionais que podem manifestar melhoras com a utilização de um simples banho. Mais adiante vamos explicar como utilizar os banhos aromáticos para tratar diversas enfermidades.

BANHO: TEMPERATURAS DIFERENTES  –  EFEITOS DIFERENTES

Pelo já explicado acerca da pele já sabemos que temperaturas diferentes têm efeitos diferentes sobre o corpo. Como já nos alertou o sábio Hipócrates há mais de 2000 anos que em  determinadas circunstâncias, uma aplicação fria pode ajudar e em outras pode prejudicar. Por essa razão necessitamos compreender as variações das  temperaturas e seu respectivo efeito no corpo. Basicamente há apenas três: temperatura fria, morna e quente.

(mais…)

Conhecendo Melhor as Terapias Quiroprânicas

reiki51: Aclaramos que esse tipo de terapia abrange várias técnicas diferentes, mas todas partem dos seguintes princípios fundamentais:

1) O ser humano é um composto de matéria e energia.

2) O ser humano é um receptor e transmissor de energia cósmica.

3) Os ser humano pode transmitir energia para outro ser humano.

4) Todo distúrbio orgânico, emocional, mental ou espiritual resulta de desarmonia energética.

Vamos aclarar um pouco mais esses quatro princípios fundamentais.

1) O Ser Humano é composto de matéria e energia.

Cremos que ninguém poderá duvidar dessa afirmação. Até porque a ciência já comprovou que a matéria se transforma em energia e a energia se transforma em matéria. Há físicos quânticos que afirmam ser a matéria o resultado do “congelamento” da luz. Do mesmo modo que se pode ter água em estado gasoso (vapor), líquido e sólido (gelo). A substância, nesse exemplo, é a mesma, ou seja, água (H2O).

2) O Ser Humano é um receptor e transmissor de energia.

Esse princípio é incontestável. Recebemos energia de diferentes fontes naturais. A energia solar, por exemplo, por meio de reações químicas em nosso organismo, se transformar em vitamina D. A energia lunar também influencia vários processos metabólicos e ritmos orgânicos. Somos receptores de fótons (energia da luz) por meio dos olhos e pele. Enfim, o ser humano é uma antena receptora de variados tipos de energia conhecidas e desconhecidas pela ciência. Por incrível que pareça recebemos energia até mesmo de Sírius A e Sírius B, o sol central de nossa galáxia (Via Láctea), entretanto esse tema está dentro do campo de metafísica que foge aos objetivos do presente curso.

(mais…)


Você Sabe o Que É Sincronicidade

Cientistas deixam céticos irritados: ''A vida é eterna, reencarnação é um fato e existem outros mundos no universo'' ~ Sempre Questione - Notícias alternativas, ufologia, ciência e mais: Qualquer terapeuta regressionista já comprovou experimentalmente que a vida de todas as pessoas possuem repetições de fatos e circunstâncias. Ocorre que tais repetições são ocasionadas por elementos psíquicos e mentais quase sempre ignorado pelo indivíduo. Há um automatismo, uma certa mecanicidade impelindo as pessoas para certos eventos. Tais matrizes energéticas foram geradas em existências anteriores.

Dr. Morris Netherton, Ph.D, psicólogo regressionista americano em sua obra “Vidas Passadas Uma Abordagem Psicoterápica” (Summus Editorial, São Paulo, 1999) afirma que: “Nós não somos nada diferentes fora do corpo do que dentro dele, sem vontade de tirar proveito de nossa experiência “dentro do corpo”, repetimos nossos padrões fora do corpo, até encontrarmos um corpo para entrar que nos permitirá repetir os padrões de dentro do corpo novamente.” Necessitamos quebrar tais mecanismos psicomentais provocadores dessas repetições. A Regressão é uma ferramenta colaboradora para esse fim.

REPETIÇÕES E SINCRONICIDADE

Durante nossa existência nos deparamos com as mais diversas circunstâncias. Muitas delas, isto é, a maioria passa mecanicamente, sem que percebamos em seu núcleo algo especial ou determinada de novas situações.

Mas, há certos momentos nos quais nosso estado de consciência se altera, em que conseguimos nos dar conta de algo que se move no “interior” dessas situações.

Estar consciente da ligação entre nossa psique e os eventos externos é importante para detectarmos a expressão da mente Universal. Quando isso ocorre há um fenômeno denominado sincronicidade.

Para Jung SINCRONICIDADE é uma coincidência significativa que produz a ligação entre nossa mente e um evento exterior ou físico, no qual temos uma sensação de união entre o fato exterior e o interior. A sincronicidade demonstra o conceito da unidade de todas as coisas. Ao percebermos tal fenômeno verificamos que nada nem ninguém está isolado, mas que tudo está mergulhado no fluido universal da vida.

Normalmente, a maior parte das pessoas têm dificuldade em perceber e aceitar a sincronicidade, bem como outros fenômenos, porque estão presas à razão, ao intelecto. A percepção da totalidade ou unicidade de todas as coisas é próprio do lado criativo, intuitivo, emocional, pulsante dentro de cada ser humano

A sincronicidade ocorre no mundo mental e material simultaneamente. Podemos destacar alguns exemplos de sincronicidade. Ter um sonho e depois o vemos materializar-se no mundo físico. Estar andando por algum lugar pensando em alguém ou algo e de repente se depara com esse alguém ou algo. Estar com algum problema sem solução e repentinamente encontra alguém que imediatamente aponta uma solução sem sequer conhecer o conteúdo completo de nossa questão.

(mais…)


Astrogenética

A Astrogenética é o estudo da psicologia das pessoas através do signo zodiacal ou astrológico.

Portulan de Coligny, manuscrit en latin du XVIème siècle_1: Cada um nasce em determinada hora, dia, ano e signo. Todos os signos têm características positivas e negativas. Estas características são representadas como reações, temperamentos, condições, tendências, conduta, etc., e estão intimamente relacionadas com a nossa forma de ser e o signo que nos influencia.

Dentro da Astrogenética há mudanças processadas pelo trabalho psicológico que cada um opera em si mesmo. Quando este trabalho psicológico é levado a sério, produzindo resultados palpáveis, pode ocorrer que, ao retornarmos a este mundo, possamos nascer sob a influência de outro signo.

O Raio Astrológico Íntimo se mantém através das eternidades. Este é o raio do nosso Real Ser e o Raio da Criação, origem de nossa existência cósmica.

Qualquer pessoa pode nascer, nesta vida, sob o signo de Touro, Leão, Peixes, Capricórnio, etc. Na futura vida, dependendo de situações internas, poderá nascer sob um signo do mesmo elemento. Sabemos que os signos estão relacionados com certo elemento.

FOGO: Áries, Leão e Sagitário.

ÁGUA: Câncer, Escorpião e Peixes.

AR: Gêmeos, Libra e Aquário.

TERRA: Touro, Virgem e Capricórnio.

Exemplo: uma pessoa nasce em Áries. Em sua vida futura poderá nascer em Leão ou Sagitário, pela Lei de Similitude de Elemento.

Cada signo combina com 3 outros, formando 3 grupos de 4, representando as 12 partes do nosso Ser. É a representação astronômica dos 12 apóstolos, dos 12 poderes do homem, dos 12 planetas, das 12 notas musicais, etc.

Quem trabalha somente com um signo está fracionando o Ser. Devemos aprender a trabalhar com os 12 signos. Começamos com o nosso próprio signo, conhecendo suas partes positivas e negativas; depois vamos estudar o signo oposto ao nosso; mais tarde os do mesmo elemento e logo, os demais.

Uma pessoa, pela visão da Astrogenética, para ser perfeitamente equilibrada, deveria estar sintonizada com os outros 11 signos, tendo como regência, como eixo, seu signo de nascimento.

(mais…)


Crise Existencial

Vivemos em uma época de crises. Crises pessoais, conjugais, políticas, econômicas, sociais, ecológicas, administrativas, enfim, estamos nos defrontando com o SER OU NÃO SER da Filosofia, e a moderna necessidade de novos valores.

Nos dias de hoje o cidadão urbano sente-se pressionado por uma sistema social altamente exigente.

Vivemos em uma época de crises. Crises pessoais, conjugais, políticas, econômicas, sociais, ecológicas, administrativas, enfim, estamos nos defrontando com o SER OU NÃO SER Como meditar para iniciantes. Confira as nossas dicas! #meditação: da Filosofia, e a moderna necessidade de novos valores. As idéias, tradições e ciências não estão suportando a inquietude espiritual das massas. Urge uma nova maneira de viver e conviver. Muitos buscam as respostas no mundo exterior e cada vez mais se decepcionam. O mundo externo não pode satisfazer as necessidades mais intimas do nosso espírito. Necessitamos descobrir novas fontes, de forma a termos inspiração e motivação pela existência. A automatização da vida cotidiana transformou os corações humanos em máquinas destituídas de sentimento. O excesso de racionalismo produziu situações anacrônicas em distintos campos. Já não há lugar para a nobreza de sentimentos. Tudo se veste e reveste de valores transitórios e insubstanciosos, os quais geram o vácuo espiritual.

Quem ou o que poderá ajudar o ser humano? A resposta é, simultaneamente simples e complexa. Diremos paradoxalmente: O SER HUMANO TERÁ DE AJUDAR-SE A SÍ MESMO COM O INSTRUMENTO FUNDAMENTAL DO AUTOCONHECIMENTO. Quando as pessoas compreenderem que são elas que fazem mal a sí mesmas, quando a natureza humana descobrir que não há separatividade entre os seres, as coisas começarão a marchar pelo caminho da redenção e felicidade intimas. Não há diferença entre EU e VOCÊ. Não há diferença entre VOCÊ e toda a CRIAÇÃO. Ambos são, o mesmo, coexistem infinita e indefinidamente. Como?… A mente não poderá compreender pois não está ao seu alcance. Somente a alma, ou a consciência pode desfrutar da inspiração átmica da onipresença. Lá e cá estão no mesmo lugar. Eu e você somos um. O Nada e o Todo são a Plenitude. O céu é aqui e o inferno é o aqui; tudo depende do ESTADO INTERIOR.

O relaxamento é um dos instrumentos que podem ajudar os indivíduos e os grupos sociais a reduzir ou se libertarem de excessiva tensão física, moral, afetiva, intelectual, psíquica ou social.

No campo da psicanálise conhece-se muito bem as razões técnicas pelas quais o analista coloca o paciente numa posição de repouso altamente relaxante. Até mesmo o próprio analista sente a necessidade de se instalar confortavelmente com o objetivo de atender convenientemente ao seu cliente. O mesmo se aplica ao terapeuta de vidas passadas.

Sigmund Freud foi um dos primeiros (início do século XX) a prever a necessidade de certa libertação ou distencionamento da pessoa. Foi ele quem clinicamente teve a idéia de estender o paciente sobre o divã com o objetivo de permitir ao cliente expressar aquilo que ficara recalcado durante anos devido ao condicionamento sócio-familiar.

(mais…)


Você Tem Consciência?

histórias engraçadas de academia | Frases Para Postar no Facebook | Mensagens - Cultura Mix: A experiência tem comprovado até a saciedade que a CONSCIÊNCIA é o instrumento fundamental para a revelação dos sonhos.  Mas para saber usar esse instrumento torna-se indispensável, inicialmente, conhecê-lo mesmo que teoricamente.

O termo consciência origina-se do latim “conscientia“, de “cum” indicando simultaneidade e “scientia” significando ciência. A Psicologia a define como a função pela qual conhecemos a vida interior. É o conhecimento de nossos estados psicológicos à medida em que eles se desenrolam em nosso interior.

Os conceitos da Psicologia atual são insuficientes para definir claramente o que é consciência. Em síntese, não se sabe. Será possível definir CONSCIÊNCIA objetivamente?

Somente aquele que possui CONSCIÊNCIA OBJETIVA pode  compreendê-la e definí-la.  Chegamos a um beco sem saída, porque a grande maioria da humanidade não possui consciência objetiva, portanto não está capacitada a compreendê-la. O percentual médio de consciência da humanidade é de cerca de 3%. Onde estão os  97% restantes? Estão condicionados nos apegos, defeitos, imperfeições, complexos, orgulhos, luxúrias, problemas, ressentimentos, vaidades, gulas, arrogâncias, cobiças, invejas, pecados ou, sinteticamente, nos EUS ou AGREGADOS PSICOLÓGICOS.

Sob o ponto de vista prático, a consciência é uma espécie de “dar-se conta interiormente”, não tendo nada a ver com as atividades do pensamento ou da mente. É uma tomada de conhecimento de si mesmo. É a percepção de QUEM SE É, de ONDE SE ESTÁ e o QUE SE FAZ. Após este estado, compreende o que sabe, o que não sabe e o que precisa aprender. Somente a própria pessoa será capaz de saber se, de fato, está ou não CONSCIENTE em certo momento. Logicamente, apenas o próprio indivíduo pode aperceber se sua consciência existe ou não naquele instante. Portanto, é impossível para qualquer pessoa avaliar se a consciência do outro está ou não ausente. As manifestações exteriores são impróprias para nos certificarmos se há ou não a presença da consciência em dado momento.

NÍVEIS CONSCIENCIAIS

A CONSCIÊNCIA pode ser estudada em quatro manifestações perfeitamente diferenciadas e definidas. Queremos ressaltar que a consciência é única, porém, dependendo do seu nível de expressão numa pessoa, pode ser observada sob os seguintes estados:

1) SONO;

2) VIGÏLIA;

3) AUTOCONSCIÊNCIA; e

4) CONSCIÊNCIA OBJETIVA.

PRIMEIRO NÍVEL:  SONO

O sono ao qual nos referimos não é propriamente o fisiológico. Este por sua vez é necessário e indispensável para suprir as urgências vitais do corpo material. O Sono Psicológico é o que mais nos interessa. Quantas vezes já lhe ocorreu estar com um certo objeto na mão, colocá-lo em algum lugar e dali a poucos instantes nem sequer se recordar de onde o deixou? Por que isto ocorre?

A resposta é: ADORMECIMENTO DA CONSCIÊNCIA. Ora, se estamos despertos porque não nos recordamos de onde deixamos os objetos? A resposta é óbvia: estávamos dormindo acordados. Este adormecimento se deve ao sono psicológico. Pouco ou quase nada difere do sono fisiológico. Necessitamos despertar a nossa consciência.

(mais…)


Conheça o Poder Curativo do Gingo Biloba

A aplicação terapêutica da planta é bem ampla. Atua fundamentalmente na circulação sangüínea arterial, capilar e venoso. É um vasodilatador cerebral e periférico. Também é tônico, antiespasmódico venoso (ativador da circulação de retorno), antiinflamatória, anti-hemorrágica (devido ao rutósido,  rhamnoglucósido, catecol), vitamínico (devido aos flavonóides e catecol).

 

OGinkgo biloba Ginkgo Biloba é uma árvore nativa de certas províncias do sudeste da China.  O vegetal pode atingir até 30 m de altura.  Pode ser também encontrada em parques e avenidas da África do Sul, Europa e algumas regiões dos EUA. Os imigrantes portugueses a trouxeram para o Brasil onde houve boa aclimatação.

Dr. Engelbert Kaempfer, médico alemão, foi a primeira pessoa a mencioná-la. Tal fato ocorreu por volta de 1690  quando esteve em visita ao Japão. Em 1727 foi introduzido na Europa.

Nome botânico: Ginkgo biloba

Partes utilizáveis: as folhas

Aplicação terapêutica: a aplicação terapêutica da planta é bem ampla. Atua fundamentalmente na circulação sangüínea arterial, capilar e venoso. É um vasodilatador cerebral e periférico. Também é tônico, antiespasmódico venoso (ativador da circulação de retorno), antiinflamatória, anti-hemorrágica (devido ao rutósido,  rhamnoglucósido, catecol), vitamínico (devido aos flavonóides e catecol).  Hidratante da pele seca ou desidratada. O uso do Ginkgo  é  recomendável  para os seguintes distúrbios:  vertigem, transtornos na memória, fragilidade capilar, claudicação intermitente, enfermidade de Raynaud, varizes, úlceras varicosas, diabetes (como protetor das alterações nos vasos sangüíneos). Reduz e melhora a viscosidade do sangue. Nos braços e pernas age nos casos de dor, palidez, arroxeamento (cianose)  das extremidades, com sensação de frio.  Redutor dos radicais livres.  Em tratamento estético é aplicado como:  antiinflamatório e protetor da pele contra os raios UV e Gama;  prevenção do envelhecimento celular por inibição da destruição do colágeno.

(mais…)


Você Já Foi abduzido?

Abdução é usado para descrever, relatar, afirmar ou simplesmente levantar a hipótese de raptos, desaparecimentos temporários ou memórias supostamente reais de pessoas que teriam sido levadas secretamente, contra a própria vontade.

#7 - Casa em formato de disco voador, do Partido Comunista Búlgara, Bulgária: Vejamos o que nos diz a Wikipédia sobre a abdução:

“Em um contexto de ufologia, o termo abdução é usado para descrever, relatar, afirmar ou simplesmente levantar a hipótese de raptos, desaparecimentos temporários ou memórias supostamente reais de pessoas que teriam sido levadas secretamente, contra a própria vontade ou não, por entidades aparentemente não humanas ou de natureza e origem desconhecidas, e então submetidas a procedimentos físicos e psicológicos de complexidade não-compreendida.

Uma parte das pessoas que afirmam ou alegam ter sido abduzidas relata exames semelhantes a exames médicos, porém uma parte deles forçada, invasiva e não voluntária. A natureza dos relatos de abduzidos varia, negativamente ou positivamente, com alguns relatando experiências assustadoras ou traumáticas e outros relatando uma experiência agradável ou transformadora.

O suposto fenômeno da abdução gera uma atenção substancial de cientistas, cuja maioria nega objetivamente os relatos existentes ou questiona se os fatos realmente aconteceram da forma como são descritos. Essas tentativas de explicações dadas para os relatos são muitas, incluindo sugestionabilidade, psicopatologias e hipnose.

Uma das primeiras narrativas ousadas de suposta abdução a ter ampla divulgação foi o caso de Betty e Barney Hill, em 1961. Porém, uma grande variedade de relatos de abdução tem sido feita ao redor do mundo, mas é mais comum em países de língua inglesa principalmente os  Estados Unidos”.

No final desse trecho o artigo é impreciso. As abduções ganharam destaque nos EUA devido a publicidade e atuação intencional da indústria cinematográfica para produzir informação e desinformação ao mesmo tempo, ou seja confundir para facilitar a invalidação.

Grosso modo, podemos afirmar que um número significativamente elevado da humanidade já foi abduzida, tanto nas últimas décadas quanto no passado.

(mais…)


Aura: Campo Energético ao Redor do Corpo Humano

"A força de nossa mente nos dá energias positivas e dividimos com luz." M.Mocho: Sob rigorosa definição metafísica a aura é um campo energético ou vibracional que há em torno de todos os objetos animados ou inanimados.

O termo aura provém do latim “aura” cuja tradução é sopro de ar. A aura também é chamada de arco-íris humano, aura física, auréola vital, aura magnética, bioaura, eletroaura, fotosfera psíquica, ovo áurico, etc.

Não temos a intenção de proceder um estudo meticuloso acerca da aura, pois seriam necessárias longas descrições. Apresentaremos tão somente as noções fundamentais para a melhor compreensão das técnicas quiroprânicas.

AURA: DEFINIÇÃO

Aclaramos que o enfoque que daremos a aura refere-se aos aspectos metafísicos, energéticos, quânticos ou magnéticos já que existe também a visão da medicina.

Sob rigorosa definição metafísica a aura é um campo energético ou vibracional que há em torno de todos os objetos animados ou inanimados. Todos os entes do Universo possuem uma aura correspondente; em síntese emanam luz. Aliás, tal fato nos lembra que na Bíblia, em Gênese (Cap. I, Ver. 3) diz: “E disse Deus: Haja luz. E houve luz”. Cremos que em função do próprio processo criativo a luz está presente em todos os entes criados. Lembramos que os físicos quânticos postulam que a “matéria” é “luz congelada ou condensada”.

A aura ou o campo vibracional está presente desde o átomo (ou qualquer partícula subatômica) até as galáxias.

O nosso planeta Terra possui sua aura, assim como todos os planetas, sóis, satélites, meteoros ou galáxias. A Terra possui a aura física e extrafísica. A aura física é composta por uma camada magnética chamada de Cinturão de Van Allen, com cerca de 500 quilômetros de espessura. A segunda camada de Van Allen mede 20 mil quilômetros e a magnetosfera alcança cerca de 65 mil quilômetros no Universo físico. Além dessas já detectadas pela ciência, há outras camadas não captadas pelos aparelhos científicos atuais.

AURA HUMANA

O fenômeno aura humana é reconhecido por 97 culturas diferentes utilizando 97 nomes diferentes. Esse dado encontra-se no livro “Future Science” de autoria de John White e S. Krisppner (Berkeley, Shambhala, 1973). Portanto, como vemos, não se trata de nenhuma novidade. Atualmente a ciência se debruça nesse tema procurando compreendê-lo melhor. Negá-lo resulta de ignorância cultural ou científica. É óbvio que os instrumentos científicos atuais ainda são limitados no que tange a uma avaliação precisa e profunda, entretanto vários pesquisadores sérios uniram os recursos científicos disponíveis com indivíduos de comprovada capacidade paranormal em clarividência. Desse casamento surgiram vários estudos, avaliações e experiências que cada vez mais vêm comprovando o que os místicos, esoteristas e metafísicos têm afirmado há séculos.

(mais…)


Conquistando a Dinâmica Mental

A energia mental está dentro e fora de nós. Existe a mente pessoal e a mente cósmica. Na verdade, qualquer forma criada possui energia mental. Na Psicologia Tibetana a MENTE é vista com muito mais profundidade do que na Psicologia Ocidental. Tendemos a associar a mente ao intelecto ou idéias e em virtude disto caímos num labirinto de teorias, onde não há o fio de Ariadne.

frases de Jung Mais: Os monges psicológicos tibetanos chamam de KUN-SHI NAM-SHE ao fundamento de todas as nossas experiências. Toda e qualquer experiência de uma pessoa produz impressões. As impressões podem ser positivas ou negativas. As impressões podem gerar formas mentais (EUS PSICOLÓGICOS), criando certo vínculo, digamos, kármico. As formas mentais kármicas são como sementes. Se forem cultivadas criam raízes, germinam, dão frutos e geram novas sementes, criando o círculo vicioso do SAMSARA, ou roda da vida, cujo resultados são observados no diário viver.

A tradição tibetana não vê diferença entre corpo, mente e espírito. Para eles o homem é um todo, portanto o KUN-SHI NAM-SHE não se refere unicamente ao aspecto puramente psicológico do funcionalismo da mente, mas há, sobretudo, um conteúdo profundíssimo do aspecto filosófico e religioso em dimensões cósmicas. As características do próprio corpo físico são vistas como um produto da emanação e cristalização da mente. Através do estado de consciência (vide lição 7) a energia mental é dirigida. Quanto maior for o grau de consciência, melhor será a orientação dada à energia mental. Quanto menor for o grau de consciência, maior desordem haverá na energia mental.

Continua o Dr. Samael, na mesma obra anteriormente citada:

“Em dinâmica mental necessitamos saber algo sobre o como e o porque funciona a mente.

“A mente, inquestionavelmente, é um instrumento que nós devemos aprender a manejar conscientemente. Porém, seria absurdo que tal instrumento fosse eficiente se antes não conhecêssemos o como e o porque da mente.

“Quando se conhece o como e o porque da mente, quando se conhece os diversos funcionalismos da mesma, pode-se controlá-la e esta se converte em um instrumento útil e perfeito, em um maravilhoso veículo mediante o qual podemos laborar em benefício da humanidade.

“Necessitamos, na verdade, de um sistema realista, se é que verdadeiramente queremos conhecer o potencial da mente humana.

“Por estes tempos abundam muitos temas para o controle da mente. Há os que pensam que certos exercícios artificiosos podem ser magníficos para o controle do entendimento. Há escolas, existe muita teoria sobre a mente, muitos sistemas, mas como seria possível fazer da mente algo útil? Reflitamos que, se nós não conhecemos o como e o porque da mente não podemos conseguir que esta seja perfeita.

“Necessitamos conhecer os diversos funcionalismos da mente, se é que queremos que a mesma seja perfeita. Como funciona? Por que funciona? Esse como e porque são definitivos.

“Se, por exemplo, lançamos uma pedra a um lago veremos que se formam ondas, estas são a reação do lago, da água contra a pedra. Similarmente, se alguém nos diz uma palavra irônica, esta palavra chega à mente e a mente reage contra tal palavra, então vêm os conflitos.

(mais…)

From the Blog

  • Banho Terapêutico

    O Que É Aromabanhoterapia O banho não é apenas privilégio do ser humana, mais também uma ação muito comum em

    Read more »

  • O Que São Terapias Quiroprânicas

    Conhecendo Melhor as Terapias Quiroprânicas Aclaramos que esse tipo de terapia abrange várias técnicas diferentes, mas todas partem dos seguintes

    Read more »

  • A Sua Vida é Uma Repetição

    Você Sabe o Que É Sincronicidade Qualquer terapeuta regressionista já comprovou experimentalmente que a vida de todas as pessoas possuem

    Read more »

  • Astrogenética: Astrologia do Futuro

    Astrogenética A Astrogenética é o estudo da psicologia das pessoas através do signo zodiacal ou astrológico. Cada um nasce em

    Read more »

  • Relaxar É Preciso

    Crise Existencial Vivemos em uma época de crises. Crises pessoais, conjugais, políticas, econômicas, sociais, ecológicas, administrativas, enfim, estamos nos defrontando

    Read more »

  • A Consciência Revela os Sonhos?

    Você Tem Consciência? A experiência tem comprovado até a saciedade que a CONSCIÊNCIA é o instrumento fundamental para a revelação

    Read more »

  • Ginkgo biloba: Santo Remédio Natural

    Conheça o Poder Curativo do Gingo Biloba A aplicação terapêutica da planta é bem ampla. Atua fundamentalmente na circulação sangüínea arterial,

    Read more »

  • Discos Voadores São Reais

    Você Já Foi abduzido? Abdução é usado para descrever, relatar, afirmar ou simplesmente levantar a hipótese de raptos, desaparecimentos temporários ou

    Read more »

  • Conheça o Poder da Aura Humana

    Aura: Campo Energético ao Redor do Corpo Humano Sob rigorosa definição metafísica a aura é um campo energético ou vibracional

    Read more »

  • Você Sabe Como Funciona sua Mente

    Conquistando a Dinâmica Mental A energia mental está dentro e fora de nós. Existe a mente pessoal e a mente

    Read more »